O Trump é Tão Racista Quanto Eu: A Verdade Dói!


Não entendo o que se passa na cabeça de um negro: em constância gosta de representar a vítima; indiferentemente deixa-se manipular por um qualquer branco, amarelo, acastanhado (médio-oriental, indiano, paquistanês, caboclo e outros que tais), só falta mesmo o pele vermelha vir botar os seus ditames.

É tão obnóxio que em pleno século XXI o negro que passa pela Líbia se deixe caçar, tal qual um animal, para alimentar o mercado esclavagista daquele ninho de terroristas, no qual o macho vale $500 e a fêmea $300 - ele vai limpar as nojices de árabes/asiáticos suínos e ela vai diariamente ser estuprada sem dó nem piedade por árabes/asiáticos asquerosos.

Céus, poder-se-ia pensar que uma maldição assolou o continente negro, mas não, o solo africano foi abençoado com recursos naturais únicos, as pessoas foram certamente dotadas de inteligência como qualquer ser humano e, no entanto corre o rumor de que o presidente Trump tenha classificado os países africanos de fossas sépticas e tal epíteto escandalizou haitianos, africanos e....eu....acho que devemos conversar!

Haiti 

É mesmo um shit-hole, pois é composto por dirigentes opressores, belicosos, corruptos, devastadores ambientalistas (destruiram totalmente a floresta) e, um povo inerte e preguiçoso.

Em cada crise, os haitianos em vez de ficarem e reconstruirem o seu país fogem para os Estados Unidos da América (EUA) para onde despudoradamente levam os seus rest-avec, que é o mesmo que um servil sept sur sept. Estes cidadãos caraibenhos engrossam as fileiras dos que mais subsídios recebem (mais detalhes Aqui, em inglês). O presidente Trump tem razão de não querer arcar com despesas desnecessárias. Os haitianos que menos contribuem para a economia americana devem ser encorajados a regressar ao seu país (para o reconstruir) e pelo menos equipará-lo à vizinha República Dominicana.

África

É um continente fascinante, embora seja um shit-hole (fossa séptica):

  • Quando tu dirigente vendes ao desbarato os recursos naturais, beneficiando os chineses em troca de auto-estradas e aeroportos de fraca qualidade, o teu país é um shit-hole; 
  • Quando 95% do teu povo vive em bairros da lata deploráveis, o teu país é um shit-hole;
  • Quando à custa do Estado, tu envias os teus filhos e dos teus comparsas para estudar no estrangeiro a preços exorbitantes, enquanto 95% do povo carece de escolas básicas, secundárias e universitárias porque delapidas impunemente os cofres do Estado, o teu país é um shit-hole; 
  • Quando o teu país não tem uma agricultura sustentável que garanta as necessidades básicas alimentares, porque o governo e seus comparsas controlam os meios de produção, o teu país é um shit-hole; 
  • Quando 95% do povo sobrevive com um salário mensal inferior a $30, o teu país é um shit-hole; 
  • Quando o comércio e a indústria de um país é exclusivamente reservada a uma pequena “elite”, o teu país é um shit-hole; 
  • Quando as oportunidades são barradas a quem não pertença ao partido no poder, o teu país é um shit-hole; 
  • Quando as liberdades de expressão, de imprensa e de associação são brutalmente suprimidas, o teu país é um shit-hole; 
  • Quando as madames do regime vigente vão parir para o estrangeiro (Londres, Portugal, Espanha, França, Alemanha e Estados Unidos da América) e a maioria do povo tem filhos no chão por falta de camas nos sub-hospitais nacionais, o teu país é um shit-hole;
  • Quando as decisões do teu país são tomadas com base em subornos, o teu país é um shit-hole; 
  • Quando permites que no teu país grupos suspeitos de terrorismo transaccionem carros usados roubados, droga, moeda estrangeira, aquisição de nacionalidades estrangeiras, raptos e mortes de cidadãos estrangeiros por sistema, o teu país é um shit-hole; 
  • Quando o teu país serve de laboratório para testar ideologias à custa do sofrimento excruciante do teu povo, o teu país é um shit-hole.

Cidadãos Africanos, os vossos dirigentes andam a surripiar fundos dos cofres da Fazenda Pública e a escondê-los em bancos Europeus, Arábes e dos Estados Unidos da América au lieu de desenvolverem as vossas nações; portanto, se é negro e neste momento está a embarcar na orquestração barata do #TrumpéRacista, então você é um shit-head, porque não o vi protestar ao saber que os seus semelhantes estão a ser transaccionados naquele shit-hole que é a Líbia, porque preferiu ser manipulado pela Internacional Socialista que fingiu grande surpresa com as revelações da CNN; e logo tratou de colocar os seus lacaios (ONU, UE e União Africana) naquela fossa nojenta para serem eles a ganhar uns cobres.

Meus caros e semelhantes africanos, perante a verdade não há lugar para a indignação, portanto pensem, reflitam e entendam que não têm o direito de ajudar a passar mensagens nefastas e supressoras da razão.

Certamente que nem toda a gente é eloquente mas cogito que o presidente Trump quisesse dizer aos povos e líderes africanos o seguinte “levem para os vossos países o dinheiro sujo que se encontra nos bancos americanos e, em abono da decência, ide construir bairros sociais, escolas e hospitais apropriados, providos de energia solar. Nos campos agrícolas, aldeias e vilas instalem fossas assépticas e munam as vossas cidades com ETARs (Estação de Tratamento de Águas Residuais)".

Por último, uma dica aos dirigentes africanos: quando os chineses vos perguntarem se quereis estradas e aeroportos em troca de urânio, terra rara e cobalto por favor digam que “chega de auto-estladas e aelopoltos; plefelimos infla-estlutulas” (água canalizada, rede de distribuição de electricidade e rede de escoamento de águas pluviais e rede de esgotos).

Até para a semana

(Imagem: Crianças em Kibera[Ed] - Google Imagens)

[As opiniões expressadas nesta publicação são somente aquelas do(s) autor(es) e não reflectem necessariamente o ponto de vista do Dissecting Society (Grupo ao qual o Etnias pertence)]

Comentários

  1. Nem pensei duas vezes acerca da razão do Trump, embora não goste muito dele!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Anónimo!
      Gostar ou não gostar não é a questão; a verdade deve ser dita, basta de soft diplomacy.

      Cumprimentos

      Eliminar
  2. Por acaso, recebi a confirmação de que o Presidente não empregou a tal expressão na reunião para se referir aos países Africanos e ao Haiti, mas mesmo que o tivesse feito ele não estaria a dizer nenhuma mentira, não é verdade? Ao invés de ficarem ofendidos, que tal tratarem de fazer com que os seus países entrem de vez no século XXI? Isso é que seria de mestre. Lenny, se todos os Africanos como nós admitissem pequenas verdades, óbvias verdades, África estaria muito melhor. Abaixo o relativismo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, CCG!
      Claro que o homem tem toda razão. Abaixo o relativismo, abaixo a corrupção, abaixo a repressão, abaixo a miséria e abaixo o líder ladrão.

      Beijocas, minha linda!

      Eliminar
  3. Minha cara amiga, a menina acha bem falar assim dos países africanos? Olhe que angola vai pensar que está a falar dela e ficar ofendida consigo para sempre! Mau, mau, mau, olaré larico! E olhe lá que em 42 anos de independência já se fez muito: roubou-se à fartazana, deixou-se os chineses fazer aeroportos bonitos e modernos, fizeram-se alguns resortes de cinco estrelas com kubatas na água, um paraíso! O que importa isso de não haver escolas nem hospitais? Isso não é nada porque nós vamos para lá para passar férias, não para saber da miséria local. A menina páre com isso, lenny! Um abraço, JP

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, João Pedro!
      Acho e não me arrependo nadica de nada! Podem ficar ofendidos o quanto quiserem: forever foes!
      Vou falar até que a voz me doa, sinto muito pelas vossas férias.

      Aquele Abraço, meu caro!

      Eliminar

Enviar um comentário

O Etnias aprecia toda a sorte de comentários, já que aqui se defende a liberdade de expressão; contudo, reservamo-nos o direito de apagar Comentos de Trolls; comentários difamatórios e ofensivos (e.g. racistas e anti-Semitas) mais aqueles que contenham asneiras em excesso. Este blog não considera que a vulgaridade esteja protegida pelo direito à liberdade de expressão. Um abraço