Não ao BPNgate: Quem Quer, Paga!

Arrival of the French Ambassador in Venice by Canaletto


Os Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) são uma Companhia Portuguesa com mais de cinquenta anos de vida; têm uma área com cerca de 27 hectares, oficinas e armazéns com cerca de 50.000 metros quadrados, têm capacidade para construir navios até 37.000 toneladas; e, actualmente empregam 630 trabalhadores, tendo acumulado um passivo de €260 milhões.
Pois bem, os Estaleiros vão ser privatizados; tendo sido segunda-feira, dia 5 de Novembro de 2012, o prazo de entrega das propostas para a sua aquisição.

Havia quatro  interessados na compra dos ENVC: uma empresa Portuguesa (que desistiu alegando uma qualquer tecnicalidade), uma Russa, uma Brasileira e uma Norueguesa. Mas ao que tudo indica, esta última foi preterida, devido ao atraso na apresentação da sua proposição (os Nórdicos contestam esta alegação e prometem dar luta).

O padrão nestes negócios é que um compra e outro grita que houve uma obscuridade de qualquer espécie. Tanto assim é que o Ministério Público está a investigar o papel de alguns intervenientes na privatização da eléctrica portuguesa (EDP) adquirida pelo governo Chinês: China Three Gorges Corporation.

PM Passos Coelho, eu sei que estamos numa crise sem paralelo mas; enquanto o ministro das finanças, Vitor Gaspar, trata de endireitar as contas; o senhor deveria pensar em resolver coisas práticas tais como o processo das privatizações ou reprivatizações, como lhe queira chamar.
O processo deveria ser o mais simples possível - i.e. os requisitos exigidos aos proponentes (por carta ou E-mail) seriam: Quem é, o que faz, e o que pretende fazer com a nova aquisição. Feito o due diligence, tal como nas grandes leiloeiras, os potenciais compradores seriam convidados a apresentarem-se em Portugal num local previamente indicado pelo Ministério da Economia e, aí proceder-se-ia ao leilão do património em questão. Mais glasnost que isto não há...

Agora, ouvi dizer que os Russos e os Brasileiros ofereceram €10 milhões pelos Estaleiros e o passivo seria por conta do governo (ou seja, por conta do contribuinte português). Se isto é verdade espero que esta nação não aceite ter um segundo BPNgate - estamos aflitos mas não miseráveis, queremos cooperar com a troika mas não aceitamos ser encostados à parede.
PM Passos Coelho, se não subirem a parada aguarde mais um pouco e fará melhor negócio para Portugal; até porque provavelmente poderemos incorrer na mesma sorte da Sorefame.

Negócios à parte, no passado dia 6 de Novembro, o presidente Americano Barack Hussein Obama, foi re-eleito para mais um mandato de quatro anos. No discurso da vitória, estava ali algo que eu, sinceramente, desejo para Portugal: gente de todos os tamanhos, formatos e cores numa confraternização aberta e unida num só canto espiritual: América!
Confesso que às vezes o meu partido mais se assemelha ao GOP e não ao DNC; oh well...espero num futuro muito próximo ver e ter aquele mesmo sentimento nos comícios e vitórias do PSD.    

Viva o Progresso!       

Comentários

  1. Os socialistas acham que representam o DNC em Portugal e, isso, porque carecem de entendimento para perceber como funciona a politica nos EUA!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Salvé, Anónimo!
      Essa rapaziada do PS, há muito, não tem material original, para nos fazer rir; ok?
      Obrigada, pela sua colaboração.

      Eliminar
  2. Olá Lenny!

    O quê? Querem vender uma empresa com um passivo de €260 milhões por €10 milhões? Acho que Portugal não está nada bem da cabeça - o desespero nunca produz nada de positivo. Não queremos de facto um BPNgate (amei esta expressão).

    Já ouvi Portugueses a falarem mal dos Americanos (a chamarem-lhes saloios, ignorantes e epítetos assim) mas a verdade é que estes hoje são de uma superioridade intelectual e de carácter que Portugal, se continuar como está, jamais poderá igualar. Mas também é por isso que a América é uma Potência Mundial e Portugal é...bem, o que é.

    Beijinhos e bom trabalho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Max!
      Acho que os estrangeiros, pensam em Portugal como sendo o país da pechincha.
      Em Portugal somos cheios de ideias, quanto aos outros povos. Sabes, porém, como se chama a quem tem muitas Ideias; não é?
      Bjcas

      Eliminar
  3. BPNgate? Boa!! Acho bem que o governo não se deixa levar por este esquema: não queremos ser roubados. E se no fim fizerem como fizeram na Sorefame? Compram os estaleiros e depois toca a despedir toda a malta e partir para a Albânia ou algo assim? E depois nós é que ficamos com a conta dos €260 milhões nas mãos. chiça!
    Também gostei de ver o Barack Obama ganhar as eleições e de ver a diversidade naquele pavilhão. Olha, aqui quando um político ganha as eleições vemos sempre a mesma coisa: um bando de velhos brancos num esforço imenso para bater palmas, uns jovens com a mania que têm mais idade do que na verdade têm com aquele cabelinho que não há quem aguente e, umas senhoras mal vestidas com ar de enfado a perguntarem-se quando tudo termina para irem comer os croquetes e as castanhas de ovos (em pó) no buffet oferecido pela campanha...que fastio!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hey,hey,hey...!
      Espero que saibam esperar por uma melhor proposta, ao fim e ao cabo ainda controlamos o nosso tempo.
      Ah, bela mia, sempre tão doce. Lol, lol, lol



      Eliminar

Enviar um comentário

O Etnias aprecia toda a sorte de comentários, já que aqui se defende a liberdade de expressão; contudo, reservamo-nos o direito de apagar Comentos de Trolls; comentários difamatórios e ofensivos (e.g. racistas e anti-Semitas) mais aqueles que contenham asneiras em excesso. Este blog não considera que a vulgaridade esteja protegida pelo direito à liberdade de expressão. Um abraço