Um presentinho de Portugal

O post desta semana está um pouco atrasado (perdoem-me): uma leve constipação invadiu o meu corpo...mas em dois dias espero já estar de volta.

Entretanto gostaria de partilhar com vocês esta música linda (Canção do Mar) interpretada por Dulce Pontes.
Como a série " A Lusofonia" está quase a chegar ao fim, achei apropriada esta ode ao Mar (e logo à herança Lusitana).
Espero que gostem!


Comentários

  1. Que fiques logo, loguinho curada, minha querida Max!
    A canção é uma das minhas preferidas, inda mais na voz da Dulce, enche meu coração de sentimentos tão contraditórios, que vão do lirismo à mais completa saudade!
    O mar é também das gaivotas que cheias de alaridos estão sempre a sobrevoarem a minha casa em Porto (a resid., universit., rsrs)e toda a cidade.

    Um beijo grande e claro o desejo maior ainda que se restabeleças de pronto!

    ResponderEliminar
  2. Adorei...voz belíssima...


    abraços


    Hugo

    ResponderEliminar
  3. Mas bah, Max.
    Seu bom gosto transparece em suas postagens.
    Versos lendos, ...viver, bailar e sonhar contigo...
    E a presença do Mar...Linda canção e linda voz.
    Parabéns.

    ResponderEliminar
  4. Oi amiga

    Está doentinha? espero que melhore bem rápido, você faz muita falta aqui na blogosfera...
    Enquanto isso me delicio com este maravilhoso vídeo.

    beijos e e fica com Deus

    ResponderEliminar
  5. CB, Diler, Hugo & Dri :D!

    Muito obrigada pelos vossos comentários: fico feliz por terem gostado do presente :D!

    CB e Dri: obrigada pelos desejos de melhoras :D! Já estou bem melhor mesmo!

    Beijos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

O Etnias aprecia toda a sorte de comentários, já que aqui se defende a liberdade de expressão; contudo, reservamo-nos o direito de apagar Comentos de Trolls; comentários difamatórios e ofensivos (e.g. racistas e anti-Semitas) mais aqueles que contenham asneiras em excesso. Este blog não considera que a vulgaridade esteja protegida pelo direito à liberdade de expressão. Um abraço