A Lusofonia: Brasil



Quando os Portugueses “descobriram” o Brasil, este já era habitado por 2 milhões de Índios (que estavam divididos em 3 principais grupos: Tupi-guarani, Jê e Aruaque. Os Tupis estavam subdivididos em Guaranis, Tupiniquins e Tupinambás).
Por esta razão, em alguns casos, quando se usa o termo “descoberta” (ao referir-se ao Brasil, Moçambique e Angola) está a cometer-se um erro, visto que estas nações já haviam sido descobertas por outras civilizações.

22 de Abril de 1500: Pedro Álvares Cabral chegou ao Brasil, ao qual inicialmente baptizou de “ilha de Vera Cruz”, visto que a princípio parecia tratar-se de uma ilha não muito extensa; mas após uma profunda exploração concluiu-se que Vera Cruz fazia parte de um continente e por isso os Portugueses mudaram o seu nome para “Terra da Santa Cruz” (onde hoje fica Porto Seguro, no Estado da Baía).

26 de Abril de 1500: Frei Henrique de Coimbra celebrou a primeira missa. Os Índios testemunharam o ritual religioso com curiosidade, o que levou os Portugueses a pensar que convertê-los ao Cristianismo seria uma tarefa fácil. Contudo, cedo descobriram que os indígenas não estavam minimamente interessados em se converter e, assim, tiveram de repensar a estratégia para a sua conquista espiritual.


1532-1822: a nova colónia é povoada (a primeira vila a ser fundada foi São Vicente, em São Paulo), uma vez que havia o receio que esta “nova” terra fosse invadida por aqueles que haviam sido deixados de parte no Tratado de Tordesilhas (a Holanda, France e Inglaterra). Colonizar este país foi uma forma de proteger, não só o território mas principalmente, a exploração do Pau-Brasil (de onde deriva o actual nome desta nação). Não obstante, os Franceses e os Holandeses invadiram o Brasil. Os cidadãos da colónia eram considerados cidadãos Portugueses.
O poder económico desta colónia foi construído pelos escravos Africanos (que, juntamente com os indígenas, não tinham direito à cidadania e, viviam em senzalas sob péssimas condições). Mais tarde, durante o século XVII, descobriu-se ouro e, deste modo, o Rei de Portugal ordenou que se procedesse à sua imediata exploração (principalmente nas regiões de Minas Gerais, Mato Grosso e Goiás).
Houve vários conflitos e revoltas coloniais (para mais detalhes, clicar Aqui).
Em 1821, Dom Pedro foi aconselhado pelo seu pai (o Rei João VI de Portugal) a declarar a independência do Brasil e, reclamar para si o trono (de forma a proteger a soberania Portuguesa no país). Em 1822, Dom Pedro declarou o Brasil como sendo uma monarquia constitucional independente e, tornou-se o Imperador Dom Pedro I do Brasil.


Língua
A lingual oficial é o Português.
Muitos dizem que o Português do Brasil é doce, mais suave do que aquele falado em Portugal (devido à sua musicalidade os estrangeiros acham-na mais fácil de aprender); e a razão para isso é o facto de ter sofrido várias influências (ao longo da sua história): a influência dos indígenas (para começar), depois dos Africanos, dos Franceses, dos Holandeses, dos Espanhóis, dos Italianos e do Alemão.

Cultura
Estamos habituados a ouvir dizer que países como os EUA, a Inglaterra, França ou até a Itália, são verdadeiros potes de mistura.
Contudo, o Brasil é o verdadeiro pote de mistura (desde os tempos coloniais).
Os Portugueses/Brasileiros sempre favoreceram a assimilação e a tolerância para com os outros povos; e enquanto que noutras colónias Portugueas os casamentos interraciais não eram permitidos, já no Brasil eram encorajados.
A sociedade Brasileira é composta primariamente por descendentes Europeus (Portugueses, Italianos, Alemães, Espanhóis etc) mas também é constituída pelos mulatos (de ascendência Africana e Europeia) e pelos mestiços (de ascendência Índia e Europeia).
Em Portugal costumamos dizer que todos os Brasileiros são achocolatados, já que pensamos que em todas as famílias Brasileiras haja pelo menos um membro negro ou indígena.

Música
Os Brasileiros usam a sua música de um modo muito poderoso para que as mensagens sócio-políticas possam alcançar todas as pessoas e, logo, o país.
A música Brasileira foi basicamente formada a partir de elementos Europeus e Africanos, trazidos pelos Portugueses e escravos respectivamente. Ao que parece, o povo indígena não teve grande influência na música produzida nesta nação (com excepção a alguns gêneros foclores).
Os principais géneros musicais são: Choro, Música Popular Brasileira (ou MPB, aquilo a que chamamos de música pop), Bossa Nova, Música Nordestina; Música Gaúcha (do estado do Rio Grande do Sul); Repetismo (baladas); Frevo (de Olinda e Recife tocado no Carnaval); Forró, Sertanejo; Funk Carioca (que não tem nada a ver com a nossa noção de Funk; mas que irei apresentar aqui em breve); Rock, Metal.
Depois tempos os gêneros Afro-Brasileiros: Samba, Capoeira, Afoxé (uma espécie de música religiosa, ligada à tradição do Candomblé); e o Samba-reggae. (Para uma informação mais detalhada clicar Aqui).
(Nota pessoal: o Brasil produz das melhores canções de Amor ao cimo da terra – e muitas vezes prestam homenagem a poetas Portugueses através do uso dos seus poemas nas sua melodias)

Comecemos por experienciar a Bossa Nova, na voz de João Gilberto (acompanhado de Tom Jobim, ao piano), que interpreta “Desafinado”. Apreciem!






Próximo Porto: Goa

Comentários

  1. Max,

    Adorei o post!!!

    O Brasil é realmente uma mistura. E certamente o Português Brasileiro é muiiiiito diferente do Português falado em Portugal! ;-)

    Beijos mil

    ResponderEliminar
  2. Maravilha de postagem. O Brasil é uma terra imensa, com um povo generoso e acolhedor. Tens razão quanto à miscigenação. Há notícias de genes de negros mesmo em DNA dos brancos do Rio Grande do Sul. O Brasil é a mais bela mistura humana e cultural do planeta!!!

    Abraço fra/terno.

    ResponderEliminar
  3. Gostei muito do post e da colocação sobre a "descoberta" do Brasil e de outros territórios. Muito bom o post!
    Tem uma indicação para vc em meu blog...
    Beijos
    Até

    ResponderEliminar
  4. Oi Carla :D!

    Ohh, ainda bem que gostaste do post (fico honrada) :D!

    LOL é verdade, a maneira de falarmos Português é diferente, mas eu (pessoalmente) não acho assim tão diferente (mas talvez seja porque tenho amigos Brasileiros, não sei)...

    Obrigada pela gentileza, querida :D!

    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Oi Lula :D!

    Obrigada; fico feliz por teres gostado!!

    Concordo contigo em género, número e grau! :D
    Sim, soube dessas notícias (sobre os genes de negro nos brancos do Rio Grande do Sul).

    "O Brasil é a mais bela mistura humana e cultural do planeta!!!" - Amén :D!

    Obrigada pela visita, meu caro :D!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  6. Adorável Angel, olá!! :D

    Obrigada, ainda bem que gostaste!! *vénia*

    Pois é, fala-se tanto em descoberta, mas na verdade isso não aconteceu, não é? Os Portuguese chegaram lá, não descobriram ;)...

    Uma indicação? Obáaaa...passarei por lá, sem falta :D!

    Obrigada!!

    Beijos

    ResponderEliminar
  7. Oi Max

    Finalmente chegou a vez do Brasil!!!!
    Amei o post, ficou muito bom!!!
    E a música Desafinado é tudo de bom.

    Em relação ao nome Brasil existem algumas curiosidades. Na Idade Média, várias ilhas imaginárias povoavam as mentes européias e uma delas era a ilha Brasil ou ilha de São Brandão também chamada de "Hy Brazil" e diz a lenda que ela era uma ilha flutuante e toda vez que os marujos se aproximavam dela ela se afastava, essa ilha teria sido descoberta e colonizada por São Brandão um monge irlandês.
    o nome Brazil provém do celta "bress" que deu origem ao verbo to bless, portanto temos a terra abençoada...
    Imagina a cara do Cabral avistando o Brasil e pensando será que é a ilha Hy Brazil???? LOL
    Uma bela estória!!!!

    Amei amiga

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Oi Dri :D!

    "Finalmente chegou a vez do Brasil!!!!"

    LOL sim, finalmente!!

    "Amei o post, ficou muito bom!!! E a música Desafinado é tudo de bom."

    Obrigada, fico feliz por teres gostado (afinal de contas é uma grande responsabilidade para com vocês todos) :D! Aaah, eu adoro o Desafinado, adoro...!

    "Em relação ao nome Brasil existem algumas curiosidades."

    Conta, conta...

    "Na Idade Média, várias ilhas imaginárias povoavam as mentes européias e uma delas era a ilha Brasil ou ilha de São Brandão também chamada de "Hy Brazil" e diz a lenda que ela era uma ilha flutuante e toda vez que os marujos se aproximavam dela ela se afastava, essa ilha teria sido descoberta e colonizada por São Brandão um monge irlandês. o nome Brazil provém do celta "bress" que deu origem ao verbo to bless, portanto temos a terra abençoada...Imagina a cara do Cabral avistando o Brasil e pensando será que é a ilha Hy Brazil???? LOL Uma bela estória!!!!"

    Que linda história! Nunca tinha ouvido falar nela :) (já aprendi algo novo hoje)!! Mas é verdade, vocês têm uma terra abençoada mesmo. Que energia, que calor humano, que maravilha!! :)
    LOL LOL LOL vai ver foi isso mesmo que o Cabral pensou LOL...

    "Amei amiga"

    E eu amei o teu comentário, obrigada :D!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Que blog interessante!
    Vou te seguir!
    Abraçãoo XD

    ResponderEliminar
  10. Ja tinha ouvido e lido sobre isso...a mudança de nosso país foi longiguo..e passado por grandes porques até achegar a data de hoje..
    muito boa a abordagem e a coerencia...

    obrigado pelas suas dicas sempre...

    bjo

    ResponderEliminar
  11. Não sabia desta preferência ao português do Brasil, por ele ser doce, suave...Max, você sabe da História do Brasil, mais que muitos brasileiros e a nossa música, precisa ressuscitar! Temos musicalidade, porém o que o 'povo' escuta não é música, é entretenimento, só! Teremos novidades em breve, algo grande que mudará esse contexto! hehehehehe a esperança é a última que morre! Depois te conto! Beijus

    ResponderEliminar
  12. Oi Philip :D!

    Obrigada, querido!

    Não precisas de agradecer, as dicas vêm do coração :D!

    Beijão

    ResponderEliminar
  13. Olá Mateus :D!

    Bem-vindo ao Etnias :D!!

    "Que blog interessante! Vou te seguir!"

    Obrigada, fico feliz por teres gostado!

    Espero que voltes mais vezes; és muito bem-vindo aqui!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  14. Oi Luma :D!

    "Não sabia desta preferência ao português do Brasil, por ele ser doce, suave..."

    É verdade. Até o meu marido começou por aprender a falar a língua Lusa com o Português do Brasil, por ser mais fácil.

    "Max, você sabe da História do Brasil, mais que muitos brasileiros e a nossa música, precisa ressuscitar!"

    Ah, bondade a tua, Luma: obrigada :D! O Brasil tem uma história fascinante.
    Ah, a vossa música atravessa o meu coração (como a seta do cupido) e deixa uma marca indelével no meu espírito! Precisa mesmo de ressuscitar!

    "Temos musicalidade, porém o que o 'povo' escuta não é música, é entretenimento, só! Teremos novidades em breve, algo grande que mudará esse contexto! hehehehehe a esperança é a última que morre! Depois te conto! Beijus"

    Tenho ouvido o que o "povo" ouve e sinceramente...não tem nada a ver (tens razão: é puro entretenimento; fast-music...ou como costumo dizer McMúsica).
    Aaaah, agora deixaste-me cheia de curiosidade!!! Vou ficar à espera das novidades (e torço por isso) :D!

    Beijoss

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

O Etnias aprecia toda a sorte de comentários, já que aqui se defende a liberdade de expressão; contudo, reservamo-nos o direito de apagar Comentos de Trolls; comentários difamatórios e ofensivos (e.g. racistas e anti-Semitas) mais aqueles que contenham asneiras em excesso. Este blog não considera que a vulgaridade esteja protegida pelo direito à liberdade de expressão. Um abraço