Blogagem Colectiva: O livro da minha vida


Esta blogagem colectiva foi iniciativa da Vanessa (Fio de Ariadne).


O livro da minha vida é o "The Great Gastby" de F. Scott Fitzgerald (em Português: "O Grande Gastby"). 

Li-o pela primeira vez aos 16 anos, e desde então tenho-o lido todos os anos no Verão. 
É uma peça fascinante, porque Fitzgeral foi um escritor de primeira, que detinha a arte da descrição (melhor que ele só Eça de Queirós). 



Sinopse
A história passa-se nos loucos anos 20, em Long Island (Nova York), onde Nick (o narrador) conta a história de um homem cuja vida gira em torno do amor da sua vida: Daisy (prima de Nick). 
Este homem é Gatsby, um homem de origens humildes que por amor a uma mulher fez de tudo para subir na escada social, na esperança de um dia poder ficar com ela. Ficou rico (por via duvidosa, mas ficou); adquiriu uma mansão na margem do lago oposta à de Daisy, onde dá luxuosas festas, cheias de gente que não conhece somente para ver se ela um dia aparece. 
Gastby é um verdadeiro mistério, e ao saber que o seu vizinho é primo da sua amada, rapidamente se torna amigo de Nick. Mas aquilo que deveria ser uma amizade-ponte para o amor, torna-se uma amizade sincera, profunda, leal. 

Daisy (uma mulher superficial, pouco inteligente, vaidosa, arrogante, mimada, egotista e desprezível) é casada com Tom; um ex-playboy, infiel, egoísta, superficial, vaidoso, arrogante e rico de berço. Os dois têm uma filhinha, igualmente egoísta, superficial e mimada. A vida dos dois é superficial, tensa; onde impera o sarcasmo e o alcóol. 

É uma verdadeira tese sobre o comportamento humano, adornada de brilhantes descrições; pincelada com cores vivas e alegria; mas também coberta de núvens de dôr e desespero.
Se não leram o livro ainda...lêem-no...não se vão arrepender! 


Porquê o livro da minha vida
Eu gosto imenso de estudar os seres humanos (a maneira como pensam, falam, agem etc) e este livro é um vero manual para conhecer as pessoas. Conheço muitas Daisys, muitos Nicks, Toms e alguns Gatsbys (com algumas nuances. Sim, por que esta personagem é uma sinédoque, visto que sozinha representa um conjunto de pessoas que conheço). Também conheço pessoas como as outras personagens secundárias da obra.

Para além disso, elegi este livro como sendo a peça literária da minha vida, porque a maneira como o amor está, nele, retratado ensinou-me a analisar a fundo os sentimentos humanos e, a aperceber-me de que aquilo que muitas vezes chamamos de amor não passa de uma evasão à nossa realidade; de um escape para as nossas frustrações, receios, aborrecimento e fadiga; e, de paixão e carinho (muitas vezes confundidos com amor).

Gostaria de acrescentar uma última coisa que me foi transmitida pelo “The Great Gastby”: o ser humano quando é egoísta, frio, arrogante e fútil tem a capacidade de estragar a vida de todos os que o rodeiam. E pessoas assim, dão sempre sinais da destruição que poderão desencadear. 


Obrigada Vanessa por teres gerado este projecto tão enriquecedor!

Comentários

  1. OI Max
    Nossa! o livro parece ser muito bom mesmo, também gosto de livro que descrevem o perfil psicológico de personagens, acaba que a gente sempre conhece alguém que se enquadra num desses perfis, e lendo da para enxergarmos melhor o porquê de algumas coisas aconterem...
    Muito boa a dica...
    beijos

    ResponderEliminar
  2. Oie querida amiga Max!
    Adorei sua dica, não conhecia...adorei mais ainda seu comentário tão enriquecedor sobre o tema de minha resenha :o)
    Lawrence buscava o amor e a liberdade, pelo visto ele deve ter encontrado não é mesmo?!
    Obrigada!
    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Oiiii Dri :D!

    "Nossa! o livro parece ser muito bom mesmo, também gosto de livro que descrevem o perfil psicológico de personagens, acaba que a gente sempre conhece alguém que se enquadra num desses perfis, e lendo da para enxergarmos melhor o porquê de algumas coisas aconterem..."

    Completamente! Digo-te...depois de ler este livro fiquei a compreender melhor o ser humano, nem sei porquê...mas foi o que aconteceu!

    "Muito boa a dica..."

    Obrigada :D!

    Amei a visita, Dri...merci!

    Beijos e boa semana!

    ResponderEliminar
  4. Oi Angel, minha linda! :D

    "Adorei sua dica, não conhecia...adorei mais ainda seu comentário tão enriquecedor sobre o tema de minha resenha :o)
    Lawrence buscava o amor e a liberdade, pelo visto ele deve ter encontrado não é mesmo?! "

    Obrigada...é um clássico da literatura Americana que eu simplesmente amo!
    Óooooh, que fôfa! Obrigadão...mas sabes, a tua resenha estava de arrasar e merecia um comentário 100% para igualar tal preciosidade :D!
    Dizem que sim: que ele encontrou o amor; já a liberdade...depende do ponto de vista, não é?

    "Obrigada!"

    De nada! O prazer foi todo meu!

    Obrigada por teres vindo :D!

    Beijos e boa semana, querida!

    ResponderEliminar
  5. Max, eu que agradeço uma participação assim tão rica. Este post traz o espírito da blogagem .

    Abraço e parabéns

    ResponderEliminar
  6. Oii Max...

    sumi um tiquim ne.,,,mas to eu aki ....marcando presença mesmo..interessante de mais essa blogagem coletiva..por um livro da pra conhecer mais as pessoas.....e saber o q q cada um tem haver com ele...

    nao vi esse livro nao..vov er se acho ele pra ler...

    bjos

    ResponderEliminar
  7. Sua frase final resume muito sobre o ser humano. Ainda não li o livro, mas vou reservá-lo em meus favoritos.

    Gostei da maneira como escreve e expoe sua opinião. Com certeza virei por aqui outras vezes.

    Parabéns pela participação na blogagem da Vanessa!

    Abraços

    ResponderEliminar
  8. Olá Vanessa :D!

    "Max, eu que agradeço uma participação assim tão rica. Este post traz o espírito da blogagem. Abraço e parabéns"

    Muito obrigada, minha linda! :D

    Abraço

    ResponderEliminar
  9. Oi Philip :D!

    "sumi um tiquim ne.,,,mas to eu aki ....marcando presença mesmo..interessante de mais essa blogagem coletiva..por um livro da pra conhecer mais as pessoas.....e saber o q q cada um tem haver com ele..."

    Sumiste sim...já tava com saudades!! Pois é...deverias ter participado!
    Concordo contigo; o que lemos diz muito de nós também.

    "nao vi esse livro nao..vov er se acho ele pra ler..."

    Lê! É o máximo; é um dos melhores clássicos Americanos! Não te irás arrepender! :D

    Beijosss

    ResponderEliminar
  10. Oi Max, já ouvi mutio sobre este livro. E a sua resenha ficou sensacional.


    Olha, vou aproveitar e te convidar a fazer uma resenha num outro blog que tenho sobre livros:

    http://www.elasestaolendo.blogspot.com/

    Passe por lá para me confirmar.

    Um abraco

    ResponderEliminar
  11. Oi Neto :D!

    Bem-vindo ao Etnias!!

    "Sua frase final resume muito sobre o ser humano. Ainda não li o livro, mas vou reservá-lo em meus favoritos."

    Lê..é muito bom!!

    "Gostei da maneira como escreve e expoe sua opinião. Com certeza virei por aqui outras vezes."

    És muito bem-vindo aqui! E vai ser um prazer ouvir a TUA opinião!

    "Parabéns pela participação na blogagem da Vanessa!"

    Obrigada :D! E obrigada pela visita!!

    Abraços

    ResponderEliminar
  12. Oi Geórgia :D!

    Bem-vinda ao Etnias!!!

    "Oi Max, já ouvi mutio sobre este livro. E a sua resenha ficou sensacional."

    É um livro fantástico! Obrigada :D...fico feliz por teres gostado!

    "Olha, vou aproveitar e te convidar a fazer uma resenha num outro blog que tenho sobre livros:"

    Vou lá ver isso, e será um prazer participar! :D

    Obrigada pelo convite e pela visita!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  13. Já ouvi falar desse livro e vou colocar em meus favoritos, quando for às compras este será o meu indicado.
    Adorei seu espaço e tomei a liberdade de acompanhá-lo.
    Uma das melhores até agora.
    Parabéns por sua participação e indicação!
    beijos!

    ResponderEliminar
  14. Oi Rô :D!

    Bem-vinda ao Etnias!!

    "Já ouvi falar desse livro e vou colocar em meus favoritos, quando for às compras este será o meu indicado."

    Não te irás arrepender!

    "Adorei seu espaço e tomei a liberdade de acompanhá-lo."

    Obrigada :D!! Tás à vontade, este espaço é teu!

    "Uma das melhores até agora. Parabéns por sua participação e indicação!"

    Que gentileza, obrigada! E obrigada pela visita, és sempre bem-vinda aqui!

    Beijos

    ResponderEliminar
  15. Costumo dizer que acima de tudo, gosto de gente, dai também gostar de livros cujos personagens parecem reais, pois aprendemos com eles, sofremos com eles, rimos com eles, e, quando o livro acaba fica um vazio...Como se alguém querido houvesse partido...
    Parabéns pelo post.
    Obrigado pela visita.

    ResponderEliminar
  16. Olá Max!

    Não conhecia este livro! Mas, fiquei inclinada a lê-lo.

    Parabéns!!!

    Beijos

    ResponderEliminar
  17. Bom dia Max!
    Nao li este livro, mas com esta rica descriçao me deixou curiosa.

    Bela participaçao!

    Um abraço,

    Meire

    ResponderEliminar
  18. Oi Diler :D!

    É verdade...quando o livro acaba bate uma tristeza...como se um amigo tivesse partido!

    Obrigada: pelo comentário e pela visita!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  19. Oi Cristiane :D!

    Não te irás arrepender!

    Obrigada!!

    Beijos

    ResponderEliminar
  20. Oi Meire :D!

    Bom dia!

    É um livro fabuloso!!

    Obrigada pela visita!!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  21. Oi, querida Max! Reapareci! :-)

    Conheço o filme, que ainda não assisti como se deve! Não sabia que havia sido baseado na obra de Fitzgerald!

    Bom, depois dessa empolgada resenha, preciso colocá-lo na lista de livros pra ler antes de morrer! Bom, como pretendo viver até os cem... :-)

    Sabe, Max, também gosto de observar o ser humano, tentar "ver" além do que deixam transparecer. Aliás, às vezes preferiria não ter esse sentido tão aguçado. :-)

    Beijos!

    PS: Pronto, já coloquei o link do Etnias lá na Lavanderia! Eu tardo, mas não falho! rsrs

    ResponderEliminar
  22. Max, passando para dizer Bom dia!

    Meire

    ResponderEliminar
  23. Juca!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Oi, meu querido :D!!!

    Que bom ver-te aqui!!! Já estava com saudades!

    "Conheço o filme, que ainda não assisti como se deve! Não sabia que havia sido baseado na obra de Fitzgerald!"

    Vi o filme, e digo-te...não se compara nada com o livro; embora seja óptimo a fazer-nos detestar a Daisy!
    Sim, foi inspirado na obra de Fitzgerald!

    "Bom, depois dessa empolgada resenha, preciso colocá-lo na lista de livros pra ler antes de morrer! Bom, como pretendo viver até os cem... :-)"

    LOL não te irás arrepender! Queres viver até aos cem? Afe....que coragem, homem :)!

    "Sabe, Max, também gosto de observar o ser humano, tentar "ver" além do que deixam transparecer. Aliás, às vezes preferiria não ter esse sentido tão aguçado. :-)"

    É muito bom, não é? Como te compreendo...às vezes dá vontade de não ter os sentidos tão aguçados...mas fazer o quê? Quem tem o dom, tem o dom...

    "PS: Pronto, já coloquei o link do Etnias lá na Lavanderia! Eu tardo, mas não falho! rsrs"

    Obrigada, meu lindo!! :D Eu sei...eu sei!

    Juca, que bom falar contigo!! Obrigada pela boa conversa!

    Beijossss

    ResponderEliminar
  24. Oi Meire,

    Bom dia, minha linda!! :D

    Que surpresa boa! Obrigada!

    Beijos

    ResponderEliminar
  25. Olá, vim agradecer o carinho da visita e dizer que estarei viajando por estes dias de Carnaval, assim que voltar venho te ver ok?
    Um beijo e até breve!

    ResponderEliminar
  26. Oi Serena,

    Obrigada pela visita e boas férias :D!

    És sempre bem-vinda aqui!

    Beijos

    ResponderEliminar
  27. Max, meu anjo, estou tão super ocupado com coisas da escola que nem participei dessa blogagem. Aliás, quase estou sem tempo para visitar os blogs parceiros e amigos. Você me perdoa? :o)

    ResponderEliminar
  28. Cidão!!

    "Max, meu anjo, estou tão super ocupado com coisas da escola que nem participei dessa blogagem. Aliás, quase estou sem tempo para visitar os blogs parceiros e amigos. Você me perdoa? :o)"

    Estás mais que perdoado!! :o)
    Sei como é...mas sem querer "rub it in" esta blogagem foi o máximo!

    Obrigada por teres vindo, meu lindo gato :D!

    Beijos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

O Etnias aprecia toda a sorte de comentários, já que aqui se defende a liberdade de expressão; contudo, reservamo-nos o direito de apagar Comentos de Trolls; comentários difamatórios e ofensivos (e.g. racistas e anti-Semitas) mais aqueles que contenham asneiras em excesso. Este blog não considera que a vulgaridade esteja protegida pelo direito à liberdade de expressão. Um abraço