A Morte da Língua Portuguesa: o verbo Contradizer

 
Ao seguir os comentários sobre a acção Militar na Líbia, ouvi uma investigadora do Instituto Português de Relações Internacionais cometer um erro de Português terrível.
A senhora, ao comentar que alguém contradissera algo, disse “contradizeu-se”. Ora, isto é grave; pois como todo sabemos o verbo Contradizer conjuga-se tal qual como se conjuga o verbo Dizer. Vejamos:


Indicativo
Presente
Pretérito Perfeito
Contradigo
Contradizes
Contradiz
Contradizemos
Contradizeis
Contradizem
Contradisse
Contradisseste
Contradisse
Contradissemos
Contradissestes
Contradisseram
Futuro
Pretérito Imperfeito
Contradirei
Contradirás
Contradirá
Contradiremos
Contradireis
Contradirão
Contradizia
Contradizias
Contradizia
Contradizíamos
Contradizíeis
Contradiziam
Condicional
Pretérito mais-que-perfeito
Contradiria
Contradirias
Contradiria
Contradiríamos
Contradiríeis
Contradiriam
Contradissera
Contradisseras
Contradissera
Contradisséramos
Contradisséreis
Contradisseram
Conjuntivo
Presente
Pretérito Imperfeito
Contradiga
Contradigas
Contradiga
Contradigamos
Contradigais
Contradigam
Contradissesse
Contradissesses
Contradissesse
Contradisséssemos
Contradissésseis
Contradissessem
Futuro
Contradisser
Contradisseres
Contradisser
Contradissermos
Contradisserdes
Contradisserem
Infinitivo Pessoal Imperativo
Contradizer
Contradizeres
Contradizer
Contradizermos
Contradizerdes
Contradizerem
Contradiz
Contradiga
Contradigamos
Contradizei
Contradigam
Gerúndio Particípio Passado
Contradizendo Contradito

O Etnías não se cansa de lembrar a todos, a responsabilidade de falar e escrever bom Português em/para o público.

Comentários

  1. (obviamente que esse poste estará na lista dos preferidos, e agradecemos a gentileza em publicá-lo. Ô língua que eu amo, Maxxxxx!)

    Beijos e desejos de um ótimo final de semana, querida Max!

    ResponderEliminar
  2. Oi CB :D!

    A nossa bela língua, não é?

    Obrigada pela gentileza, querida :D!

    Beijos e boa semana!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

O Etnias aprecia toda a sorte de comentários, já que aqui se defende a liberdade de expressão; contudo, reservamo-nos o direito de apagar Comentos de Trolls; comentários difamatórios e ofensivos (e.g. racistas e anti-Semitas) mais aqueles que contenham asneiras em excesso. Este blog não considera que a vulgaridade esteja protegida pelo direito à liberdade de expressão. Um abraço