O Final



Durante o vôo para Londres, Isabella pensa no dia em que Tomaso Buonfiglio lhe pediu em casamento (“Isabella, amore mio, queres ser minha mulher para todo osempre?”) «Que filho da mãe! E pensar que cheguei mesmo a acreditar nele...Ah, Tomaso, Tomaso...»
Um homem sentado a seu lado, posa o seu jornal, dobra-o, olha pela janela; depois olha para ela e, de forma simpática, pergunta «Viaja sozinha?»...ela friamente olha para ele e responde «Não...a minha sombra acompanha-me!» o sorriso do coitado esvanece-se ao que desdobra o jornal e retoma a sua leitura.

Christian está todo excitado com a perspectiva de ver a sua prima de novo; por isso ele e Luca (o mordomo) certificam-se de que tudo está ao gosto de Isabella «Ela é muito picuinhas, Luca!» «Oh, lembro-me bem, senhor!»...Elaine observa os dois e ri «Vocês os dois parecem duas mulheres a organizar o retorno do filho pródigo!» Christian responde «De uma certa maneira ela é o filho pródigo...Ah, amor, certifica-se de que a Sophia não fuma dentro de casa. A Isa detesta isso!» Elain acena positivamente com a cabeça e abandona a sala.

Paul pergunta à sua mulher «Sophia, como é a Isabella? Linda de morrer?» Sophia (que se encontra inclinada sobre a janela para poder fumar) responde «Porquê? Vais largar a Julie?» Paul, que está às voltas com a sua gravata (tentado fazer o nó Windsor), diz «O quê? Não te consigo ouvir!» Sophia atira o seu mini-charuto fora, fecha a janela, aproxima-se do seu marido, bate-lhe na mão (para que ele largue a gravata) e ao dar o nó de Windsor responde «A Isabella é uma mulher lindíssima, cujo passatempo é devorar homens como tu, Paul...querido!» e sorri de soslaio. Paul levanta o sobrolho, agradece-lhe por ter feito o nó e, em silêncio, escova o seu cabelo...

Elaine telefona a Gillian para informá-la de que estarão todos na sua quinta na segunda-feira, pois antes gostariam de discutir alguns detalhes com a mais recente hóspede. A Suma-Sacerdotisa concorda.

No dia seguinte...
Isabella está em pé, em frente a uma janela virada para Este, roçando os seus lábios num balão de cognac. Paul observa-a atentamente, à porta da sala. Ao ver o reflexo dele no vidro da janela, ela vira-se devagarinho «Deves ser o Saul! Ouvi muito falar de ti!» diz secamente...Paul entra na sala, dirige-se ao bar, serve-se do mesmo que Isabella bebe e erguendo o seu copo diz «Ouvi dizer que Sião está bem de saúde!»...ela sorri ao de leve ao responder «Como sempre!»...os outros juntam-se-lhes...

A Reunião...
«Elaine, a única maneira de evitar que a fórmula do conservante caia nas mãos erradas é colocando-a no mercado, através dos nossos primos na Alemanha. O Buonfiglio não conta com isto; além disso já está na altura do mundo beneficiar de um conservante natural...» Isabella dirige-se à sua pequena audiência «Vou encontrar-me com o Buonfiglio, que desta vez  não escapará com vida. Ah, Sophia, terás de atrair as gémeas aqui...sei que a Giuliana gosta de ti [olha para o tecto]...limpar-lhes-ei o sebo também...será um trabalho limpo, sem grandes trapalhadas [faz um gesto como se estivesse a limpar os dedos]...» Paul observa-a com imensa admiração...

Dois meses depois...
«As minhas concolências!»...«Ele era tão novo! Mas agora está num lugarmelhor!»...uma chorosa Isabella responde às pessoas, à medida que estas apresentam as suas condolências «Tínhamos concordado em fazer as pazes, e voltar a tentar...e agora, ele está morto! Porquê, Deus? Porquê? [chorando baba e ranho]» as pessoas consolam esta mulher que claramente sofre…
Todo entram para os seus respectivos veículos...Isabella (a última a partir) caminha em direcção a um Porsche Cayman S prata ártico metalizado e entra «Que representação fantástica, prima! Até eu acreditei ser verdade!» ela abafa uma gargalhada «Christian, ho terminato il mio compito qui...allora [1]...vou voltar para a Sicilia!».

Fim


[1] Italiano: "terminei o meu trabalho aqui...por isso"
Imagem: The Standing Figures de Jenö Barcsay

Comentários

  1. Oi Max
    Foi a Isabella??? Como ela pode?

    Max, amei o novo blog!!! o visual está lindo!!!

    Estarei aqui em 2009...

    beijos, amiga.

    ResponderEliminar
  2. Oi Dri :D!

    "Foi a Isabella??? Como ela pode?"

    Foi ela! A mulher é uma dessas assassinas profissionais...

    "Max, amei o novo blog!!! o visual está lindo!!!"

    :D ainda bem que gostaste!! Obrigada :D!!!

    "Estarei aqui em 2009..."

    Óptimo! Será um prazer ter-te aqui, como sempre :D!

    Amiga, obrigada pelo teu comentário e pelo teu apoio!!

    Beijos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

O Etnias aprecia toda a sorte de comentários, já que aqui se defende a liberdade de expressão; contudo, reservamo-nos o direito de apagar Comentos de Trolls; comentários difamatórios e ofensivos (e.g. racistas e anti-Semitas) mais aqueles que contenham asneiras em excesso. Este blog não considera que a vulgaridade esteja protegida pelo direito à liberdade de expressão. Um abraço