Antevisão da Reunião do Pres. Trump e do Pres. Marcelo Rebelo de Sousa


Antevejo que a reunião entre o POTUS (President of the United States) e o PR (Presidente da República Portuguesa), vá ser muito interessante porque pela primeira vez temos um presidente de direita, descomprometido e sem subtilezas, e um presidente europeu que se diz de direita, mas que na verdade é um SDINO (Social Democrat in name only) e um adepto feroz do pragmatismo.

Photo op com a Media Internacional

Press: President Trump, is the tariff subject on the table?
President Trump: He just got here.

A Reunião

Além da habitual conversa de que os portugueses emigrados nos estados Unidos da América são um excelente contributo para o engrandecimento da América, de que são uma comunidade trabalhadora e não causam problemas de maior etc; já tentei imaginar do que irá o PR conversar a sós com o seu homólogo americano:

  • A base das Lajes - Portugal exige mais dinheiro ou façam o favor de fazer as trouxas e sair porque os angolanos (como membros dos PALOPS e da CPLP) já se ofereceram para alugar a base, para fazerem exercícios com os investidores de peso em Angola (Hezbollah, sírios e iranianos) coadjuvados pelos seus amigos chineses.
  • Falar ad-hoc da questão das tarifas do aço e do aluminio - os patrões da União Europeia (alemães) pediram-me que lhe pedisse encarecidamente que volte atrás com essa golpada que está a dar nos países da UE por causa do aço e do alumínio.
  • La question Jérusalem et le déplacement de l'embassadenós na UE não concordamos com a decisão unilateral de mudar a embaixada americana para Jerusalém que naturalmente deve ser dividida em três (um lado árabe a Este e o lado Oeste deve ser dado aos judeus, aos cristãos em geral e ao sector católico). Bem, eu garanti aos árabes no Egipto que Portugal nunca, mas nunca mudaria a sua embaixada para Jerusalém, pois ela nunca de facto foi a capital de Israel. Não percebo porquê que os judeus querem provocar uma guerra desnecessária por uma cidade que até está sob controle da Jordânia; não faz sentido - os judeus foram corridos do dito Israel, e como soe dizer-se em Portugal “quem foi ao ar perdeu lugar”. Caramba, não estarão estes indivíduos bem integrados nas nossas sociedades? Que mais querem? Que aborrecimento! 

O POTUS poderá retorquir questionando o PR acerca dos seguintes items:

  • Jerusalém: O senhor professa a fé cristã; não é verdade? Então o senhor não conhece a sua Bíblia? Esta não é um livro de historietas da carochinha; é um tratado legal com leis, regras e regulamentos desenhado para o povo judeu. Eu acredito nele na íntegra; por isso a questão Jerusalém para mim não é discutível: caso encerrado.
  • Fale-me do cidadão Manuel Vicente: um corrupto que foi CEO da Sonangol e vice-presidente de Angola, um luso-angolano que quando se viu em apuros com a justiça em Portugal devido às suas actividades ilícitas, tacitamente esqueceu-se da sua lusitanidade e por razões estranhas, exigiu que a cúpula angolana intimasse Portugal a entregá-lo aos cuidados da justiça angolana evocando um acordo qualquer que fora lavrado entre o seu país e a ex-colónia – os meus conselheiros dizem-me que as ilegalidades foram cometidas em solo português, enquanto esse indivíduo detinha também a nacionalidade portuguesa. Mas que raio de bordel é que o senhor está a dirigir?
  • Caso BES: Explique-me as ligações do ex-CEO desse banco com as elites corruptas de Angola - e já agora onde pára o dinheiro?
  • Suspeita-se que o seu país seja um portal do tráfico de todo o tipo de indignidades (bens e pessoas): lavagem de dinheiro; passagem de pessoas que vão ser vendidas pelo mundo fora; dinheiro sujo que me dizem estar guardado em bagageiras de automóveis em garagens de prédios, aparentemente pertencentes a cidadãos angolanos.
  • Justiça Portuguesa: fui informado de que está pejada de funcionários públicos luso-angolanos, cuja lealdade é prestada a Angola que por sua vez vende informações a forças subversivas que por lá operam.
  • Ana Lourenço: Importa-se de me informar acerca do conteúdo da conversa a sós que teve com a mulher do líder que se seguiu ao ex-presidente José Eduardo dos Santos?
  • Porquê que ia regularmente até Luanda?

Terminada a reunião a sós entre o POTUS e PR, diante da Imprensa:

Press: Mr. President did you solve the tariff’s problem?
President Trump: he's a great guy, excellent and brilliant mind, thank you…(aperto de mão entre os dois estadistas)

Marcelo inclina-se para Trump e sussurra "O problema das crianças encarceradas: isso é que é um bico de obra, hein?" ao que o Presidente americano responde "Primeiro, ninguém deve forçar a entrada na casa de outrém sem convite; depois, não me dê lições quando o senhor tem no seu país pessoas que trabalharam 40 e muitos anos com pensões miseráveis abaixo de €300. Resolva o seu problema que eu vou resolver o meu." 

Press: Mr President, Mr President....!
President Trump: he's a great, great guy! 

Até para a semana


[As opiniões expressadas nesta publicação são somente aquelas do(s) autor(es) e não reflectem necessariamente o ponto de vista do Dissecting Society (Grupo ao qual o Etnias pertence). © 2009-2018 Autor/a(es/as) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS]

Comentários

  1. Hehehehe mana, este post é maningue nice! Ri muito meeesssmo! Eu também acho que o Trump vai fazer picado desse Marcelo, a sério. Ainda não me entrou na cabeça terem deixado escapar o manuel vicente e isso só me diz uma coisa: corrupção da grossa, envolvendo tugas mesmo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Carlitos!
      Como diriam os brasileiros " É pra tu ver!"

      Aquele abraço, resistente de Moza

      Eliminar
  2. Olá Lenny,

    Ora, era só o que faltava a base das lajes serem alugadas por Angola e tornarem-se num campo de treino de Jihadistas. Na minha opinião é chegada a hora de pôr Angola no seu devido lugar; Angola e todos os que a ela estiverem associados (portugueses ou não). Se um país ameaça Portugal (sim, porque fazer do nosso país uma lavandaria de fundos, mesmo que a convite de portugueses, é uma ameaça à segurança nacional) ameaça todos os portugueses que respeitam a sua pátria, de verdade.

    Ao contrário de Paulo Portas, eu não tenho medo dos angolanos; e nem estou metida em negociatas escusas com eles, pelo que não lhes devo vassalagem; pelo contrário...por isso, eles que tenham cuidado. E muito sinceramente, poderiam começar por mudar o modo como falam de Portugal.

    Quanto a Manuel Vicente: é remover-lhe a nacionalidade. Mas lá chegaremos.

    O Presidente Marcelo Rebelo de Sousa tomou a posição errada quanto a Jerusalém e não deveria ter feito promessas parvas aos árabes. Nunca se sabe, poderá ter que engolir essas palavras um dia...

    Lenny, bom trabalho, como sempre. Obrigada.

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "O Presidente Marcelo Rebelo de Sousa tomou a posição errada quanto a Jerusalém e não deveria ter feito promessas parvas aos árabes. Nunca se sabe, poderá ter que engolir essas palavras um dia..." - o que é tu sabes que nós não sabemos, Max? Mas olha, eu adoraria vê-lo engoli-las!!

      Eliminar
    2. Olá, Max!
      Os Angolanos deveriam fazer-nos um favor sair da CPLP e dos PALOP porque acho que eles estão para estas duas organizações como a Turquia está para a NATO: traficantes de informações.
      O presidente Marcelo que faça e diga o que quiser; eu estou sentada no camarote a ver a banda passar.
      Jerusalém é Israel é tudo o que eu sei, o resto é ruído; e como soe dizer-se palavras ocas e vãs leva-as o vento...

      Beijocas

      Eliminar
  3. Ai, eu adoraria ser uma mosca para assistir a esta reunião! Mas lenny, se fosse metade do que aqui escreveste então seria engraçadíssima!!! hahahaha...obrigada pelas gargalhadas.

    ResponderEliminar
  4. Marcelo vai dar beijocas no Trump, a Lenny esqueceu-se de prever isso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Unknown!
      Tem de ficar algo de fora, meu caro ;)

      Cumprimentos

      Eliminar
  5. "Estes indivíduos" - será que este é mesmo o pensamento do Presidente Marcelo? Se for, tenho pena dele. Já basta a figura que ele fez no Egipto: será um pouco constrangedor quando ele tiver que engolir as suas belas palavras. Shabbat Shalom!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, CCG!
      Não sei qual é o pensamento do presidente Marcelo, quanto a mim, o indivíduo é um quê ambíguo.
      Quanto as suas promessas aos muçulmanos do Egipto: estou de camarote a apreciá-lo.

      Ciao, bella mia!

      Eliminar
  6. Marcelo desmaiou este fim-de-semana algures em portugal e nem sequer deu uma beijoca como deve de ser a um gaiato que por lá andava! Será que faltará ao encontro com Trump? Se faltar a culpa é da lenny!!! :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Anónimo!
      O gaiato que desculpe o senhor presidente, pois ele estava maldisposto. Não faltou, já está nos EUA.

      Cumprimentos

      Eliminar

Enviar um comentário

O Etnias aprecia toda a sorte de comentários, já que aqui se defende a liberdade de expressão; contudo, reservamo-nos o direito de apagar Comentos de Trolls; comentários difamatórios e ofensivos (e.g. racistas e anti-Semitas) mais aqueles que contenham asneiras em excesso. Este blog não considera que a vulgaridade esteja protegida pelo direito à liberdade de expressão. Um abraço