ESCÂNDALO: Falsidade, Mentira e Fraude Impestam a União Europeia



O mundo já não é o que foi: os valores foram atirados para a lama, o relativismo é a palavra de ordem (que após disseminação transforma-se em verdade absoluta). Em Portugal, mentir, imputar falsamente, trapacear é tacitamente aceitável porque logo se justifica a falsidade com a perfídia que imediatamente se reveste de insídia e por aí fora...

Euro-Comissário Mário Centeno

O Ministro das Finanças Mário Centeno, perante uma crítica e/ou contrariedade, em vez de prometer remendar/corrigir a situação, como seria de esperar, ainda culpa amargamente o governo anterior - ao fim de três anos de gabinete. O financeiro Centeno fazendo uso da sua técnica de indução convenceu os incautos do PS da sua infalibilidade que levou alguns membros do governo a acreditarem que também eles se chamariam Mário Centeno. Este homenzinho que leva toda a gente no bico - até prova em contrário - mentiu no caso Caixa Geral de Depósitos/Domingues, e mentiu no caso SLBenfica/bilhetes.

Para resolver o problema do déficite, Mário Centeno lixou o povo português com um aumento inqualificável dos impostos indirectos e continua a bater na tecla das retenções/cativações enquanto polícias e soldados têm salários de miséria (tal qual os seus congéneres no terceiro mundo), os hospitais, as escolas, as estradas e quiça as pontes estão num estado de deterioração sem precedentes; e este escândalo só por si, revela uma grande nulidade de talento e de estratégia por parte do sofismoso que ocupa o Ministério das Finanças: eu não pactuo com a orquestração do logro.

União Euro...quê?

Pessoalmente, não encontro razão para desperdiçar o meu tempo nas actividades da União Europeia (UE) porque sei de antemão que é uma organização distorcida cujo ideal é transformar a Europa numa União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, com a diferença de que se acham um bloco superior ao precedente porque o seu pilar ideológico é sustentado por um socialismo científico: boo whoo...     

Mas esta semana resolvi prestar atenção ao bando de aldrabões certificados que gravitam na UE:

  • Segunda, Terça e Quarta da semana passada, o presidente Macron de França esteve nos Estados Unidos da América (EUA) para tentar convencer o presidente Trump a não abandonar o acordo Euro-Americano assinado com os persas; 
  • Quinta-feira da mesma semana assistimos a uma declaração do trio composto pela Alemanha, Inglaterra e França reafirmando o seu empenho no compromisso assinado com o Irão; 
  • Sexta-feira, a Chanceler Angela Merkel viajou aos EUA para lançar um ultimato velado acerca do rompimento do acordo com o Irão;
  • Segunda-feira, dia 30 de Abril, o PM Netanyahu anunciou que os Serviços de Informação Israelitas foram ao Irão recolher material comprometedor das actividades nucleares dos persas. O desconcertante não é o affair Teerão, pois é conhecida a eficácia dos serviços secretos judaicos; mas é o facto da Europa e o campo Obama virem declarar que o acordo foi na sua inteireza concebido e assinado baseado num artifício fraudulento, que ninguém fora ingénuo, todos sem excepção vieram à praça pública dizer que nada de novo havia debaixo do sol, pois as mentiras do Irão eram do conhecimento geral e contudo assinou-se o acordo porque os europeus estão borrados de medo de um ataque iraniano aos seus países.

Ora, as explicações dos europeus são tão capciosas que só faltou dizer que o feito israelita é insignificante, e que os europeus não os têm porque não quiseram ir buscá-los ao Irão. 

Mas a bem da verdade deveriam declarar, de uma vez por todas, o seguinte:

  • Que têm pena que Hitler não tenha concluído o projecto solução-final
  • Que os judeus são um empecilho aos planos europeus
  • Que os europeus e o campo Obama planearam que os persas devessem manter as suas pecitas nucleares para assim fazerem estragos em terras de Israel a partir da Síria
  • Que os europeus decidiram que o senhor Netanyahu é um alvo a abater
  • Que Israel deva ser ensadwichado e aniquilado
  • Que os europeus se sentiram vexados com a decisão de Trump declarar Jerusalém una e indivisível como capital de Israel
  • Que os judeus não possuam uma nação, para servirem de bode expiatório de todos os males mundiais
  • Que os europeus têm um secreto desejo, o último dos orgasmos: entregar os judeus às mãos dos árabes e assim salvá-los encerrando-os novamente em campos de concentração e exterminá-los definitivamente.

Mensagem a Ana Gomes (MEP)

Ana Gomes continue a convidar assassinos de judeus para o parlamento europeu. Aninhas, perante as declarações de Mahmoud ABBAS quando diz que Hitler matou os judeus não por serem judeus, mas por causa do seu comportamento, querida fique bem calada e pondere convidá-lo para um discurso no seu parlamento europeu: és linda, tu!

Em Portugal a corrupção continua: o banqueiro que tinha um saco azul com dinheiro roubado aos clientes e ao fisco; a companhia de electricidade com saco azul com o dinheiro extorquido aos clientes e fuga ao fisco; um homem que foi funcionário bancário, depois ministro da economia por indicação do seu patrão, e por fim professor universitário nos EUA por indicação da eléctrica (EDP) - como é possível que Manuel Pinho se tenha deixado comprar como se fosse uma qualquer prostituta ignorante?     

Até para a semana

[As opiniões expressadas nesta publicação são somente aquelas do(s) autor(es) e não reflectem necessariamente o ponto de vista do Dissecting Society (Grupo ao qual o Etnias pertence). © 2009-2018 Autor/a(es/as) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS]

Comentários

  1. Os judeus são gente maningue nice. Eles ajudam muito os africanos na agricultura sustentável, mais que os europeus! Por isso eles têm o meu apoio. Para além do mais os muçulmanos andam a matar-nos a todos aqui e só trouxeram mais bandidos para aqui. Se a europa quer isso pra ela tudo bem, mas nós não queremos isso! Se europa não quer os judeus eles que venham para áfrica e assim a Mossad ajuda a gente a combater os bandidos de uma vez! Este post é maningue nice, gostei mana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Carlitos!
      Os judeus normalmente são como os moçambicanos: boa praça!
      Esses seguidores de Maomé querem a fim na força controlar os recursos naturais em África, nem que para isso tenham que vos cantar a cantiga do bandido, submetendo-vos e depois por-vos o pé no pescoço: a escolha é vossa; quereis um De*s pai ou um De*us repressivo e dissimulado?
      Amigo obrigada pela oferta. Mas os judeus devem é mesmo regressar para a sua terra, a qual herdaram directamente por vontade do Criador: Israel.

      Aquele abraço, resistente de Moza!

      Eliminar
  2. Olá lenny,

    Há algo que não me cheira bem no que toca a Mário Centeno. Para além do mais ele está a subir rápido demais na UE, não achas? Quando assim é, das duas uma: ou a pessoa sabe demais e querem calá-la ou fez um servicinho para alguém e chegou a hora de pagar. Mas a rapidez do 'pagamento' levanta suspeitas...

    Não faço comentários quanto à UE porque estou à espera que caiam. Pura e simplesmente.
    Ana Gomes faz-me rir.

    Bom trabalho, querida.

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Max!
      Ele vai dizer que lutou bastante para chegar onde chegou; a palavra favorecimento diz-te alguma coisa...?
      Espero que isto não seja Grécia parte dois: turismo a rodos, país da moda e predilecto dos europeus e depois a ruína do tecido económico-financeiro para benefício de alguns.
      Mas eu estou de olhos bem abertos quanto a este governo de Costa e seus amigalhaços incluindo o Centeno.

      Beijocas, boss!

      Eliminar
  3. Estou de acordo que o Centeno ser uma pista interessante, pelo que há que segui-la.
    Quanto às alegadas ambições da UE: perdoem-nos mas não poderão ser satisfeitas. Never again! Nunca Mais! לעולם לא עוד
    Shabbat Shalom Lekulam

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, CCG!
      Já dizia Brel "les bourgeois c'est comme des cochons...", et bien, Centeno est monsieur le commissaire.....
      Boa semana de trabalho, bella mia!

      Eliminar
  4. A Ana Gomes como todos os socialistas é uma farsa. Era ver o pessoal do Observador deslumbrado porque ela se distanciou do Sócrates e dos corruptos do partido mas ela pode não sre corrupta mas é mentirosa e levanta falsos testemunhos! Já para não dizer que é amiga dos árabes, pouco importa se eles nos querem matar a todos!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Anónimo!
      Ela pode ficar com os árabes todos que queira. Eu só tenho uma coisa a dizer: se és judeu faz as malas e regressa para Israel.

      Cumprimentos!

      Eliminar
  5. A UE patrocina construções ilegais árabes em território israelita, por isso tou só à espera que este projecto soviético caia de vez! Beijinhos e já estava com saudades!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Carla!
      Bem-vinda, minha linda, long time no see!
      Podem patrocinar tudo o que lhes apeteça; o nosso próximo passo será: repossessão e anexação, custe o que custar, porque a terra de Israel pertence aos judeus por direito divino. Quem puder que desafie o Desenhador de Israel.

      Beijocas

      Eliminar

Enviar um comentário

O Etnias aprecia toda a sorte de comentários, já que aqui se defende a liberdade de expressão; contudo, reservamo-nos o direito de apagar Comentos de Trolls; comentários difamatórios e ofensivos (e.g. racistas e anti-Semitas) mais aqueles que contenham asneiras em excesso. Este blog não considera que a vulgaridade esteja protegida pelo direito à liberdade de expressão. Um abraço