James Watson e a Inteligência Negra: Brilhante ou Obtuso?

James Watson (fonte: Wikipedia)

A minha primita mandou-me um artigo do Mail Online no qual se diz que o cientista james watson vai vender a sua medalhita de ouro que ganhou quando fez parte da equipa que descobriu o ADN (Ácido desoxirribo nucleico), diz-se que poderá arrecadar uns míseros $3 milhões de dólares.
A razão da venda é porque o rapaz se sente ostracizado, pelos seus pares e comunidade cientifica, após a sua bombástica afirmação de que a pouca  inteligência era uma condição inerente aos originários de África, ou seja os africanos são menos inteligentes que os brancos.
Até aqui nada de novo, visto que o pobre coitado é norte americano branco e o racismo é uma condição inerente aos brancos norte americanos que, por mais que tentem, não conseguem abandonar a mentalidade de dono de escravos.

Ai, África, terra mãe, chão que me deu vida e me fez desbocada!
Pois bem, fica sabendo que tenho algo a declarar aos africanos: vocês mexem com os meus nervos no bom e no mau sentido.Qual queréis primeiro? AH, quem manda aqui sou eu, irei começar pelo...
Bom: O povo africano é hospitaleiro, é guerreiro, é respeitador e parece que começa a fazer alguma coisa pelo desenvolvimento (está difícil, todavia).
Mau: o povo africano é indolente, é apologista do laisse faire du hazard, adora a sua corrupção desde o pedinte de 12 anos ao dirigente máximo do país; os jovens africanos têm mentalidade de pessoas de 90 anos no Ocidente; os africanos quando criam leis, é para beneficiar os mais oportunistas; os africanos (excepto Angola, Ruanda, Uganda etc, com a graça de Deus) transformaram o continente numa salgalhada muçulmano-árabico-ásiatico onde predomina o lixo, a confusão, o rapto, a morte gratuita e tudo que seja ilícito – quando lá estive o National Geographics, dentro da minha cabeça, estava a dar-me sinais de transtorno porque nos dois países que visitei, nitidamente, estava a ver as ruas sujas de Calcutá, bairros da lata indonésios e filipinos, centros culturais tais quais as madrassas paquistanesas, bazares pouco limpos como os dos árabes na Palestina, lojecas libanesas, o canto das mesquistas como se fosse Mecca; guerras na RCA, Congo, Quénia, Nigéria, escaramuças entre o Rwanda e Uganda tal e qual nos campos de batalha do ISIL, no Iraque e Siria, Al Qaeda entre o Afeganistão e o Paquistão. O povo africano desconhece o conceito de capacidade organizativa e estratégica. E finalmente, que merda é essa de África ser comandada pelos chineses - i.e. nenhum país africano está autorizado a receber o Dalai Lama?

Logo, meus queridos, vós entendeis quando o racistazito chamado james Watson diz que os blacks são menos pensantes que os brancos, porque os chineses – fabricadores-mor de porras baratas para os parolos dos brancos consumirem – também fizeram essa exigência aos governos ocidentais. Estes, porém, mandaram-nos tomar banho no rio amarelo.

Eu não me ofendi com o desgraçado do cientista americano porque o futuro da minha linhagem genética está recheado de crianças e jovens geniais, com quem estou empenhada em aprender; contudo na minha família há pretos inteligentes e menos brilhantes, há brancos inteligentes e menos brilhantes, há mulatos inteligentes e menos brilhantes e dentro destes todos há aqueles que são tão chatos que penso pedir instruções inteligíveis ao Watson para me dizer como devo desferir o pau na cabeça dos parvos da minha tribo.

Até para a Semana!

Comentários

  1. Olá Lenny,

    Que ironia, James Watson ganhou um prémio de excelência pela sua inteligência científica e no entanto carece de inteligência social. O seu comentário sobre a inteligência negra é infeliz e, como cientista, um anátema - compreendo que tenha sido ostracizado.
    Mas devo dizer algo: a mesma medida deveria ser aplicada a todos os políticos que fazem comentários anti-Semitas e racistas, a todas as pessoas que fazem o mesmo. Deveriam ser todos ostracizados, mas não; ao invés disso, são eleitos e glorificados pela sociedade.

    De qualquer maneira, James Watson estava errado. A raça em nada influencia a inteligência, o que influencia são todos os factores que contribuem para o desenvolvimento da mesma: círculo familiar, capacidade e empenho desta na educação e desenvolvimente mental (e espiritual) da criança; alimentação, acesso à educação, acesso a oportunidades etc etc etc.

    Bom trabalho, Lenny :D.

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Max!

      Comentários desse tipo são chocantes, quando ecoados por pessoas que desvendam mistérios inerentes a toda raça humana.
      Às vezes penso que, as pessoas famosas se deixam invadir pela soberba.

      Olha o Paul Krugman que veio a Portugal dizer que os salários deveriam baixar ainda mais: quão idiótico é isto, se considerarmos que de todos os PIGS somos os mais mal pagos? Foi um prémio nobel que, não se deu ao trabalho de estudar as particularidades de Portugal, ou preferiu enveredar pela via simplista: há uma crise? Então reduza-se o número de trabalhadores e baixe-se o salário de quem fica; por aqui podes ver que o prémio Nobel tem o condão de ofuscar a razão dos seus recipientes.

      Boa semana de trabalho, boss!

      Eliminar
  2. Respostas

    1. Olá, Anónimo!

      Tem toda a razão, o sujeito é um obtuso! O homem arruinou a sua reputação, pois vai ficar na história como o cientista que fez um comentário jocoso, sobre os africanos. Isto é o que se chama dar um tiro no próprio pé.

      Um Abraço e obrigada pelo comentário!

      Eliminar
  3. Diria: Brilhante e Obtuso. Basta lançar um olhar sobre a produção da Ciência a respeito do que seja inteligência, para, desde logo, concluir a dificuldade de estabelecer um conceito simples a esse respeito. Por outro lado é bem clara e comprovada a existência de várias inteligências, dai é bem comum que pessoas brilhantes em alguns aspectos de suas vidas sejam verdadeiras nulidades em outros...Assim, me parece, o SR. Watson, tem ótima inteligência para Biologia, já sua inteligência emocional, deixa a desejar. Abração Leny.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Diler!

      Ai, fadista..!
      O sr. Watson tem uma fraca inteligência emocional e falta-lhe também o sentido da generosidade; visto que ele sabia muito bem que os negros do seu país nunca tiveram a igualdade de oportunidades, por isso....

      Diler, estimei vê-lo por aqui, tudo de bom para si e para os seus. Um abração!

      Eliminar
  4. Xii, lenny, como 'família' tenho que dizer que o homenzinho pode até ser inteligente na ciência mas é burro no que toca às pessoas! Bem, como o ADN humano é parecido com o da alface, quem sabe se este senhor não ache que a alface seja mais inteligente do que nós?
    Fizeram bem ostracizar o homenzinho porque lá chegou à conclusão que errou, teve tempo para pensar. Mmmm wazungu...

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Olá, Leila!

      Eu admiro o feito alcançado pelo seu grupo, mas ele tem um grande handicap: é parolo e frívolo.
      Mmmm walungo...txô!

      Aquele abraço!

      Eliminar
  5. O homem já vendeu a medalha, arrecadando mais de 4 milhões de dólares, e o comprador já lha devolveu. Claro que este é russo: será que a rússia vai contratar este cientista para alguma coisa? Nada é de borla, afinal.
    De qualquer modo, o coitado foi infeliz e já pagou o preço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Celeste!

      Espero que lhe faça bom proveito, o presente ofertado pelo cavalheiro russo.

      Podemos afirmar que já pagou pelo seu erro, e espero que lhe tenha doido muito, conhecer a sensação de ser transformado num ninguém.

      Beijocas

      Eliminar
  6. O racismo é uma das pragas da sociedade e infelizmente é pior entre aqueles que se dizem estudados! A sua altivez perante aqueles extra o seu pequeno universo é horrível! Só Deus para nos ajudar, lenny, só Deus! O nosso Pai não faz distinções entre os Seus filhos por isso nem nós o deveriamos fazer. Vou rezar pela alma deste infeliz, porque certamente o seu fim será o inferno!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Olá, Maria Joaquina!

      Eu acho que ao ser ostracizado, o bichinho passou pelas passas do Algarve; imagina não poder fazer o que mais gostava e estar entre os seus pares: foi infernal para o sr.Watson.

      Aquele abraço!

      Eliminar

Enviar um comentário

O Etnias aprecia toda a sorte de comentários, já que aqui se defende a liberdade de expressão; contudo, reservamo-nos o direito de apagar Comentos de Trolls; comentários difamatórios e ofensivos (e.g. racistas e anti-Semitas) mais aqueles que contenham asneiras em excesso. Este blog não considera que a vulgaridade esteja protegida pelo direito à liberdade de expressão. Um abraço