O Facciosismo do PS e da Sua Camarilha

Augusto Santos Silva (Fonte: Google Imagens)/Editado

Cá estou eu outra vez com a parvoíce da dívida soberana e os seus efeitos colaterais. Sim, é verdade que José Socrates foi negligente nas suas políticas; sim, é verdade que o PSD, CDS e os PS assinaram o dito memorandum da Tróika. É também verdade que o governo centro-direita, mui justamente achou que todos – governo, partidos políticos, consumidores, banqueiros, operadores financeiros, ex-políticos (contudo operacionais), tribunais e sociedade civil – devessemos ser responsabilizados pelo sangramento das finanças do país e, logo, tomou a decisão de estancar a hemorragia pondo um torniquete extremamente apertado no corte – dirão alguns que quase provocou um ataque cardíaco no paciente.
Ora, é igualmente verdade que o pior já passou; porém o desemprego é preocupante, o investimento é nulo, o crescimento é quase nada e quando a malta está lentamente no processo de descompressão; eis que surge na Tvi24, o profeta Augusto Santos Silva a pôr sal na ferida com a história de que o governo deveria pedir a Bruxelas a reestruturação da dívida por sugestão do Manifesto das 70 personalidades.

Os notáveis 70 (sindicalistas, patrões, criados, políticos, ex-ministros, pseudo-líderes partidários, invejosos, desertores, falhados etc...), sem um plano que suporte as suas alegações e se coadune com a realidade actual, sugerem que voltemos ao cenário do pós segunda guerra mundial e se faça com Portugal o mesmo que se fez com a dívida alemã.
Estes senhores – é o que acontece quando se mistura alhos com bogalhos – não se lembraram que depois desse perdão os alemães fizeram um compromisso consigo próprios para impreterivelmente manterem sempre as suas contas em ordem e, não é por acaso que são a economia mais estável do planeta. Mesmo que se queira ir contra a dureza das medidas de austeridade impostas pela Alemanha, não é culpa desta que Portugal não tenha retirado ilações na crise de 1983-85 durante o governo do, então primeiro ministro, Mário Soares.

Os socialistas ficaram jubilosos com o Manifesto das Celebridades porque foi uma espécie de exonoração do descalabro governativo do Partido Socialista que clama descaradamente que o PS não causou esta crise. Dizem ainda os socialistas que Portugal foi uma vítima transversal do que estava a ocorrer no mundo da alta finança e repentinamente os socialistas são imaculados, são uma oposição credível e pronta para assumir o comando do país, livrando-nos deste governo insensível, causador da desgraça e da miséria que se abateu sobre a população portuguesa, que funciona como um agente agravante da dívida nacional (120% do PIB) devido à sua cegueira orçamental e submissão humilhante à tróika.

O Augie Santos Silva escreveu um livro sobre a epistemologia e metodologia das ciências sociais, blá blá....
Pois bem, a epistemologia é o estudo científico que trata dos problemas relacionados com a crença e o conhecimento. Então, em abono do conhecimento o prof. Augie S. Silva irá certamente concordar comigo perante a afirmação de que os mecs do Manifesto são por natureza um bando de sediciosos.

Um pequeno reparo: O eng. António Guterres abandonou o cargo para o qual foi eleito e hoje tem um emprego nas Nações Unidas; o Presidente Sampaio desrespeitou os eleitores portugueses ao dissolver um governo legítimo e foi um dos percursores da maldita crise, hoje é o responsável pelo combate à tuberculose nas Nações Unidas; Victor Constâncio ex-governador do Banco de Portugal negligenciou a supervisão aos bancos portugueses e hoje tem um cargo no BCE; o ex-primeiro ministro José Sócrate lixou o país e as suas finanças e hoje é comentador político na RTP; Augie Santos Silva ministro do eng. Sócrates, é outro falhado político, que hoje é comentador do PM na TVi24...
O que não se entende é a razão pela qual se premeia a incompetência em Portugal. Que terão eles (após arruinarem o país) de tão interessante para dizer agora?

Até para a semana!                                                                                                                                                                                                                                                                                                      

Comentários

  1. Bem, um destes dias o pessoal aqui está a assinar um manifesto em apoio ao Putin! Porque não?
    O que me espantou foi ver a ex-ministra das finanças do PSD a participar nesta fantochada, mas o que é que ela quer? O Manifesto dos 70 (que me fez lembrar a Geração de 70 liderada por Eça de Queirós) é uma amálgama de gente de todas as cores políticas que subscreveram à Solução Final de portugal...mas com que objectivo, pergunto-me?

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Olá, Carla!

      Ó pá, a Manuela é daquelas que pensa que, se ela não fizer as coisas, mais ninguém é capaz.

      Ela ajudou a deitar abaixo, o governo de Santana Lopes por puro despeito; lembras-te?

      Talvez, o presidente do Sporting Clube de Portugal, nos possa ajudar a determinar o estado mental da Manuela Ferreira Leite. ;)

      Boa semana de trabalho, minha cara!

      Eliminar
    2. Hahahaha o presidente do Sporting é engraçado mas nem mesmo a sua graça o fez ganhar o campeonato!

      Eliminar
  2. É tão engraçado ver a direita validar o PS! O que vale é que os portugueses não esqueceram, eu pelo menos não me esqueço nem me esquecerei para o ano que vem, que foram os socialistas quem sempre colocou este país na lama! E não só nos colocaram lá como ainda nos arrastam por ela como se fossemos uns sacos de batatas! Ó Salvador, vem em nosso socorro, filho de Deus!
    O Guterres tramou-nos e agora está a tramar-nos de novo ao trazer infieis para este país, que um dia destes estarão a converter as nossas ovelhas em cabras de Alá! Deus me perdoe! Mas não o vi a trazer os nossos irmãos da república centroafricana para se refugiarem aqui. Enfim...olhe, lenny, oremos!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Ola, Maria Joaquina!

      Acho que é um programa suportado pelas Nações Unidas; e por suposto os blacks não têm grandes ligações dentro das NU: não lhe parece?

      Já que as NU estão a bancar a estadia desses estudantes, acho que deveríamos ter recebido cristãos Sírios e os outros que fossem para a Árabia Saudita, Emiratos Árabes, Indonésia, Malásia, Irão e até para o Paquistão.

      Amiga, espero que, as filhas da Senhora de Fátima, não caiam nas mãos dos filhos de Mohamed, por que nessa religião é legal espancar a mulher: é só um aviso as casadoiras!

      Boa semana de trabalho, Maria Joaquina!

      Eliminar
  3. Hahahaha a imagem é óptima: Augie Santos Silva confessa o tamanho do seu instrumento...de trabalho! HAhahahaha...claro está que me refiro ao seu cérebro...não sejam mauzinhos!
    Epá, a malta já sabe com o que contar em relação aos socialistas, não é verdade? Eles mentem, roubam, enganam, usam o sistema público para dar jobs aos amigos e familiares etc etc etc.
    Meus amores, sabem o que fazer para o ano que vem: votar PSD ou CDS!

    Augie...esse não é o personagem cego da série Agente Dupla? Hahahaha, yah, cego o Augie Silva parece ser!
    Shabbat Shalom!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahahaha tamanho do seu instrumento hahaha...ai que mázinha!

      Eliminar

    2. Hey. hey. hey...!

      Ó pá, o que me desaponta: é o facto da direita não estar a fazer o trabalho de sapa; a esquerda deve ser desacreditada de uma vez por todas.

      Para o ano que vem votarei no PSD e a malta jovem da família votará no PP: os socialistas devem ficar fora do poder pelo menos por dez anos; os socialistas causaram muitos danos a este país, porque nenhum militante ou mesmo deputado quis dizer ao ex-premier Sócrates que ele estava a arruinar Portugal, devido as suas políticas.

      Quanto ao cérebro do Santos Silva, o dito é mesmo pequeno; porque sabendo ele analisar as políticas do actual governo, tenho a certeza que sabia que o rumo para o qual o seu patrão estava conduzindo este país era o pior possível; e no entanto durante o tempo que esteve no governo com o ex-premier Sócrates, ele fechou-se cobardemente em copas.

      Boa semana de trabalho, darling dear!

      Eliminar
  4. Olá Lenny,

    Parabéns por mais um artigo fabuloso.
    Não estou ao corrente deste Movimento dos 70. Conheço a Geração de 70 (a que se referiu a Carla) mas o movimento das celebridades desconheço por completo. Nunca fui a favor da restruturação da dívida, nos moldes pensados por muita gente (ou seja, não pagar a dívida ou empurrar a obrigação com a barriga), mas ouvi dizer que o governo português tem re-negociado várias vezes a mesma desde que começou o programa de ajuda - mas quanto de juro é que já pagámos por cada vez que se fez a tal reestruturação? Talvez alguém me possa ajudar a compreender melhor a situação...

    Adorei a imagem que acompanha o artigo lol lol lol *aceno de cabeça*.
    Quanto à recompensa ao falhanço: bem, é um problema de raiz em Portugal. O aluno que menos criatividade tiver (tendo, porém, a capacidade de decorar textos) tem maior nota na escola/universidade; a pessoa que mais souber enganar é a que mais promoções recebe; logo, o político que mais falhar, é o que terá mais recompensas...it's all good.

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Olá, Max!

      É mais uma daquelas coisas que só servem para distrair as pessoas: estão a recolher assinaturas para se discutir no assembleia da república a vontade desses cidadãos: patético!

      Também gostei da imagem; fez-me lembrar a Samantha Jones na sessão de terapia com o seu boyfriend. Lol

      Boa semana de trabalho, boss!

      Eliminar
    2. LOL LOL esse episódio do Sex and the City é um dos melhores.

      Eliminar
  5. Olhe Lenny, isto é assim, na minha opinião os portugueses sabem bem que terão de reflectir bem no futuro do nosso país. Se formos a estudar o que tem sido a governação em portugal desde o 25 de Abril é relativamente fácil apercebermo-nos de que os socialistas nunca desenvolveram coisa alguma. Foi preciso Cavaco Silva desenvolver o país como fez (pronto, não foi perfeito mas fê-lo e quando saiu portugal era mais estável que espanha); depois veio o Guterres e espatifou o trabalho positivo de uma década em quatro anos; o Sampaio quando o país se viu perante a oportunidade de recuperar tudo, dissolveu o parlamento para colocar no poder um homem que espatifou as nossas contas ainda mais com a sua megalomania. Agora que este governo nos está a levantar de novo, querem colocar o Seguro como líder? Mas andamos aqui a brincar ou quê?

    Não! Votemos no PSD/CDS que pode não ser perfeito mas ao menos não esbanja fundos públicos da pior maneira possível.
    Lenny, tenha um bom fim-de-semana e continue o bom trabalho. A menina é impecável!

    ResponderEliminar

  6. Olá, Carlos Pedro!

    Manter os socialistas fora do poder depende do trabalho que fôr desenvolvido pelas bases dos dois partidos da direita.

    Se o Seguro ganhasse as próximas eleições, o país estaria a condenar-se ao fracasso crónico.

    Estimei vê-lo por aqui, meu caro!

    Boa semana de trabalho e obrigada pelo seu comentário *vénia*

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

O Etnias aprecia toda a sorte de comentários, já que aqui se defende a liberdade de expressão; contudo, reservamo-nos o direito de apagar Comentos de Trolls; comentários difamatórios e ofensivos (e.g. racistas e anti-Semitas) mais aqueles que contenham asneiras em excesso. Este blog não considera que a vulgaridade esteja protegida pelo direito à liberdade de expressão. Um abraço