Maxiavelli: Argumentos de Gays Que Se Opõem ao "Casamento" Gay

Dante & Virgílio no Inferno - Willian Adolphe Bouguereau
Pode parecer estranho mas existem gays que, na verdade, se opõem ao "casamento" gay.

O seu principal argumento é:

"Casamento é entre um homem e uma mulher e é o melhor ambiente para as crianças."

Digam isso aos políticos que, contrariamente aos princípios democráticos, se apressaram a passar leis sem consultarem directamente o eleitorado...só espero que, no fim, com estas medidas políticas não estejam mas é a montar uma armadilha à comunidade gay.

Eis uma pequena lista de argumentos apresentados por individualidades gays que se opõem ao "Casamento" Gay:

"Não é o mesmo que o casamento heterosexual - o significado religioso e social de uma cerimónia de casamento gay não é simplesmente o mesmo." -- Jonathan Soroff, US

"Nós, enquanto casal, não iremos reprocriar e, ainda que, o desejo de mostrar o compromisso possa ser louvável, as tradições religiosas que acomodaram os casais do mesmo sexo tiveram que levar a cabo algumas contorções significativas (..) Eu não vou descer ao altar, numa igreja, ao som de Mendelssohn envergando um vestido branco e, atirar o bouquet e abrir o salão com a primeira dança" -- idem

"Não estou preocupado com o se posso casar ou não, mas sim com o se irei morrer nas ruas nas mãos de homófobos." - Legba Carrefour

"Já temos casamento gay - chama-se união civil. Porque é que o Sr Cameron não deixa as coisas por aí? -- Andrew Pierce, UK

"Já temos casamento: chama-se união civil e regozijo-me pelo facto de que pessoas como eu, que são diferentes dos hetero, possam fazer algo que eles não podem. Delicio-me com isso." - idem

"O casamento gay é, na verdade, uma ameaça mas não para as famílias ou para o casamento hetero. É mais um prego no caixão de uma aceitável e aberta liberdade sexual gay." -- Blogue Gays Against Gay Marriage

" Este [casamento gay] evoluiu de uma mera igualdade legal, e conveniência de contratos normativos, para pura inveja cerimonial." -- idem

"Estou agora a falar contra o casamento de pessoas do mesmo sexo. Já agora, eu sou gay. (..) Ao desenvolver os seus objectivos políticos e legais, os políticos não olham para lá do próximo ciclo eleitoral. Eles só se preocupam com os votos. Apoiar o casamento gay parece-lhes ser, neste momento, um meio para a vitória." -- Doug Mainwaring, US

"O casamento de pessoas do mesmo sexo não irá expandir os direitos e liberdades da nossa nação. Não irá re-definir o casamento. Irá sub-defini-lo. (..) O casamento gay irá (...) [privar] as crianças do seu direito a ter ou uma mãe ou um pai. Isto não é coisa pouca. As crianças, como de bens pessoais se tratassem, estão a ser reduzidas a fontes de realização." -- idem 

"O casamento gay irá sub-definir o casamento e irá desfazê-lo; e ao fazê-lo, irá sub-definir as crianças. Em última instância, irá conduzir à sub-definição da humanidade. Não estamos a falar de legislação 'progressiva' nem 'conservadora'. Mas sim de legislação 'regressiva'." -- idem

"Isto não é uma prioridade para a comunidade gay, que através das uniões civis já possui direitos iguais," - MP Ben Bradshaw (partido trabalhista), UK

Maxiavelli pergunta-se quantos mais indivíduos gays partilharão destas opiniões e, contudo, estarão a ser silenciados por políticos oportunistas...

Comentários

  1. Olhe Max, devemos respeitar os nossos irmãos homosexuais e não julgá-los como disse o nosso bom Padre! Mas casamento será sempre entre um homem e uma mulher, independentemente do que políticos corruptos e desviados nos possam dizer. É tudo quanto tenho para partilhar acerca deste assunto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. OLá Maria :D!

      Absolutamente. Sempre fui contra a homofobia (que não tem razão de ser, já que ninguém tem coisa alguma a ver com a vida sexual alheia).
      Neste caso a semântica é imperativa; mas enfim, os políticos impuseram-nos estas mudanças drásticas sem mesmo nos questionarem acerca do assunto. Sou a favor da União Civil (porque os casais gays merecem ter os mesmos beneficios sociais que toda a gente), mas não a favor do "casamento" Gay. A democracia morreu um pouco com este assunto - excepto nos países onde o povo é consultado acerca, claro.

      Maria Joaquina, obrigada pelo seu comentário, minha cara :D.

      Um abraço

      Eliminar
  2. Incrível como a media nos manipula! Aqui andava eu a pensar que todos os gays eram a favor destas leis e que era imperativo dar ouvidos a esta camada e, afinal, há homosexuais que são contra? Estou um pouco chocada, confesso! Mas se calhar a Max tem razão: se calhar isto tudo é uma armadilha para eles; coitados!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carla :D!

      Por acaso eu já sabia que havia gays contra; porque quando debate começou em Portugal (há uns anos atrás) li artigos onde um bloguista se expressava contra e apresentou as suas razões.
      Contudo, é verdade que a media dá a impressão de que são todos a favor.

      Carla, muito obrigada pelo seu comentário :D.

      Um abraço

      Eliminar

  3. Olá, Max!

    Grande quadro, Max!

    Quanto aos gays acho-os uns chatos e sem humor!

    Os políticos são ridículos, o que aconteceu em Inglaterra foi uma redundância: com que finalidade?

    Bom trabalho, boss!

    Bjcas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lenny :D!

      É, não é? É dramaticamente forte, viril...

      Olha, não sei quem é pior: se alguns grupinhos gays ou se alguns heteros de esquerda que correm logo a "castigar" aqueles que dizem algo sobre os gays que não lhes agrade. Não gosto desta fase em que a sociedade está em que é imperativo bully o mundo inteiro para aderir ao movimento dos direitos gays.

      E pensar que tudo o que os gays querem é ser deixados em paz. Mas politizaram essa sua busca.

      Boa pergunta: com que finalidade? Reflictamos...

      Obrigada, minha linda; e obrigada pelo teu comentário :D.

      Beijocas

      Eliminar

Enviar um comentário

O Etnias aprecia toda a sorte de comentários, já que aqui se defende a liberdade de expressão; contudo, reservamo-nos o direito de apagar Comentos de Trolls; comentários difamatórios e ofensivos (e.g. racistas e anti-Semitas) mais aqueles que contenham asneiras em excesso. Este blog não considera que a vulgaridade esteja protegida pelo direito à liberdade de expressão. Um abraço