Um Acto de Deus


Um acto de Deus é um milagre da criação (sob as suas várias formas).
Um acto de Deus é cada expressão de amor, carinho e bem-querer.
Um acto de Deus é cada união, ligação e acto de intimidade...

Contudo existem outras leituras...
Em direito, esta expressão significa eventos que estão fora do controlo humano (ex: cheias, furacões, erupções vulcânicas, tremores e deslizamentos de terra).
Dever-se-ia inferir que os legisladores (e as pessoas em geral) admitem a existência de um Deus disposto a provocar estas tragédias da natureza?
Digamos que sim; que, de facto, ocasionalmente Deus faz estas coisas: mas com que propósito? Quererá ele castigar-nos, avisar-nos ou simplesmente responsabilizar-nos pelas acções dos nossos países, enquanto povo?

Castigo
Se Deus usasse as inundações, os terramotos, os tornados e a erupções vulcânicas para castigar as nações, porque castigaria Ele certos países mais do que outros? Por exemplo, porque castigaria ele a Samoa Americana e não (digamos) certas nações onde as mulheres são desrespeitadas, onde os direitos humanos são constantemente violados e onde o nome Dele é usado para justificar o estado de sítio, o ódio e o terror?
E as/o Caraíbas/Caribe, porque são castigadas (o) todos os anos? Pergunto-me se as cheias de Mozambique de 2000 significam que Deus não perdoou a implementação do comunismo naquela nação (um regime que resultou em campos de re-educação, tortura, racionamento de alimentos, opressão e miséria).
E o Furacão Katrina? Um pastor evangélico afirmou que Deus havia castigado Nova Orleães (Louisiana, EUA) por causa dos Gays e da imoralidade...Hmm...

Aviso
Talvez o mundo esteja à beira do advento de uma nova era – afinal, tantos desastres naturais ao mesmo tempo (em todo o mundo, nos últimos anos) só pode ser uma mensagem – mas no que se traduziria este advento exactamente?

Responsabilização
Imagina que os nativos de algumas nações estão a ser responsabilizados pelas acções dos líderes políticos que elegeram (afectando, assim, a vida de muitos outros – tanto a nível nacional como internacional). Imagina se as pessoas de alguns países fossem responsabilizadas por não lutarem contra os líderes déspotas que usurparam o poder e, provocam dôr (tanto psicológica como física) na nação que deveriam liderar e desenvolver.

Muitas pessoas acreditam que “um acto de Deus” é mesmo uma expressão da fúria Divina.
Outros sugerem que, em alguns casos, o “Acto de Deus” deveria ser rotulado de “Acto de Homem” pois acreditam que alguns terramotos e tsunamis ocorridos nos oceanos Indico e Pacífico são o resultado de testes militares...

Partilha os teus pensamentos: o que é um acto de Deus para ti?


Para uma perspectiva diferente e interessante visita o blog do LS (em Inglês): Aqui

Comentários

  1. Mas bah, Max.
    Tenho que o ato de Deus foi a criação de tudo que existe, o que aconteceu depois fica por conta do livre arbítrio:
    Se agredimos a natureza e a colocamos em desequilíbrio é claro que havera um preço, terremotos, maremotos, tsunamis, não são atos de Deus, são consequências da ação humana.

    ResponderEliminar
  2. Culpar Deus é blasfemar! Meu Deus não é ruim como esses aí pintam! O meu Deus criou a natureza para que nós a preservemos, se acaso, os eventos naturais acontecem, seria mais fácil culpar o 'capeta', não? :lol: Desculpa, não quis perder a oportunidade! Esse povo diz qualquer coisa para prender a atenção dos ignorantes! Beijus,

    ResponderEliminar
  3. Oi Diler :D!

    Que lindo comentário: é isso aí!

    Muito obrigada!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  4. Oi Luma! :D

    LOL "culpar o capeta" LOL realmente (esta expressão é a maior prova de desresponsabilização que já alguma vez vi)...

    Não precisas de pedir desculpa, está muito bem dito!

    Também acho que Deus não usaria tais truques...as pessoas esquecem-se de que Deus não age nem pensa como os humanos.

    Obrigada, querida :D!

    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Deus não castiga, enhentes, cheias, terremotos, tsunamis etc etc são reflexo de ações humanas no planeta. São modificações da natureza e do planeta em busca de um novo equilíbrio e é apenas qndo tais acontecimentos levam vidas humanas é que nos damos conta de como somos pequenos diante da natureza e dos ciclos por ela regidos. Acredito que estamos recebendo avisos e que ainda há tempo de mudar nossa atitude perante o próximo e perante a Natureza.
    Beijão
    Até...

    PS - Querida amiga, peço que exclua o meu blog SpaceAvatar de sua lista, estou com um novo projeto e não tem como cuidar de 3 blogs, então vou exclui-lo ok?
    Mas aguarde, logo apareço com novidades e acho que irá gostar!
    Agradeço a amizade e a parceria!

    ResponderEliminar
  6. OI Angel :D!

    Adorei o teu comentário: obrigada :D!

    Já removi o Space Avatar da minha lista de blogues! Fico feliz por saber que estás com novos projectos :D!
    Eu adoro novidades: ficarei aguardando :D!

    Beijão, querida!

    ResponderEliminar
  7. Max!

    Outro tema polêmico e delicado, eu sou veementemente contra pessoas que se utilizam do nome de Deus para cometerem suas barbáries, sou contra o fanatismo em qualquer situação, buscar o bom senso, um equilíbrio, não é fácil, mas é nessa busca que me concentro. Sobretudo porque o meu Deus é de bondade, generosidade e miseicórdia, é AQUELE ser que me deu um planeta maravilhoso e claro, com a responsabilidade de cuidar dele, penso que a natureza está gritando para os humanos que parem de destrui-la, de interferirem, daí esses "desastres", oras, se interferimos na naturza de frma irracional, ela reage idem, é básico, a lei da ação e reação. Deus furioso? Se calhar... No livro sagrado dos católicos está registrado quando Jesus expulsou os vendilhões das portas e escadarias do templo, à chicotadas e muita fúria, se formos metaforizar os desastres ambientais..... Enfim, vamos pensar seriamente sobre isso. O mundo, a natureza, tudo é um grande mercado capital.

    Obrigada pelas palavras no Canto, é muito bom saber que existem pessoas como o Naná, pois não? É uma prova inconteste da presença de Deus, num gesto tão fraterno como o dele, se envolvendo com as crianças de uma comunidade tão carente...
    Fique logo saradinha, precisamos de você!

    Beijo grande, minha linda!

    ResponderEliminar
  8. Max, vou -te ser sincera e que DEUS ME PERDÖE:

    Acho que Deus já perdeu o controle do HOMEM faz tempo. Tudo agora é por conta do individualismo de cada UM, o que chamamos livre arbítrio.
    Recentemente, me perguntava por que tanta tragédia a pessoas inocentes...Sabe?
    mas decidi nao pensar....POR QUE, NESTE CASO, QUERIDA, PENSAR, ENLOUQUECE!
    Bjs e diasf elzies

    ResponderEliminar
  9. Oi Max
    Que bom que está de volta.

    Concordo que um ato de Deus é cada milagre que acontece a cada dia a cada minuto, é estar vivo, é ter certeza que ELE olha por nós, não acredito num Deus castigador, que está apenas se vingando dos homens, acredito no Deus-pai.
    Não acho que os fenômenos da natureza possuem o objetivo de castigar o homem, o problema é que o homem sempre se acha o centro de tudo, tudo ocorre por causa dele, e por ele, mas esses fenômenos tem sua razão de ser tem seu papel no contexto.
    Também não acho que estes eventos sejam um aviso do fim do mundo, para mim as coisas ocorrerão de uma forma totalmente diferente, agora aquecimento global, desmatamento... a coisa está mais para este lado.


    beijos amiga

    ResponderEliminar
  10. Oi CB :D!

    "Outro tema polêmico e delicado, eu sou veementemente contra pessoas que se utilizam do nome de Deus para cometerem suas barbáries, sou contra o fanatismo em qualquer situação, buscar o bom senso, um equilíbrio, não é fácil, mas é nessa busca que me concentro. Sobretudo porque o meu Deus é de bondade, generosidade e miseicórdia, é AQUELE ser que me deu um planeta maravilhoso e claro, com a responsabilidade de cuidar dele, penso que a natureza está gritando para os humanos que parem de destrui-la, de interferirem, daí esses "desastres", oras, se interferimos na naturza de frma irracional, ela reage idem, é básico, a lei da ação e reação."

    Que linda passagem!

    "Deus furioso? Se calhar... No livro sagrado dos católicos está registrado quando Jesus expulsou os vendilhões das portas e escadarias do templo, à chicotadas e muita fúria, se formos metaforizar os desastres ambientais..... Enfim, vamos pensar seriamente sobre isso. O mundo, a natureza, tudo é um grande mercado capital."

    Esse episódio de Jesus (presente em todas as Bíblias Cristãs) é muito interessante mesmo; mas é só a prova de que Jesus era homem, e não Deus. Contudo concordo contigo...poderíamos pegar neste exemplo e aplicá-lo aos desastres ambientais.

    "Obrigada pelas palavras no Canto, é muito bom saber que existem pessoas como o Naná, pois não? É uma prova inconteste da presença de Deus, num gesto tão fraterno como o dele, se envolvendo com as crianças de uma comunidade tão carente..."

    De nada, querida!! É muito bom mesmo!

    "Fique logo saradinha, precisamos de você!"

    Já estou boa, e de volta também...obrigada :D!

    CB, obrigada pelo teu super comentário: que honra!

    Beijão, minha linda

    ResponderEliminar
  11. Oi Grace :D!

    "Max, vou -te ser sincera e que DEUS ME PERDÖE:"

    Força, e Deus já te perdoou :)!

    "Acho que Deus já perdeu o controle do HOMEM faz tempo. Tudo agora é por conta do individualismo de cada UM, o que chamamos livre arbítrio."

    O livre arbítrio foi concedido por Deus, por isso não acho que Ele tenha perdido controle sobre o Homem...simplesmente observa o Homem, a sua criação.

    "Recentemente, me perguntava por que tanta tragédia a pessoas inocentes...Sabe? mas decidi nao pensar....POR QUE, NESTE CASO, QUERIDA, PENSAR, ENLOUQUECE!"

    Só tenho uma palavra para ti: Karma.
    Se pensar enlouquece, então prefiro enlouquecer lol ;).

    Grace, obrigada pelo teu comentário... :D

    Beijos

    ResponderEliminar
  12. Oi Dri :D!

    "Que bom que está de volta."

    Obrigada, minha amiga :D!

    "Concordo que um ato de Deus é cada milagre que acontece a cada dia a cada minuto, é estar vivo, é ter certeza que ELE olha por nós, não acredito num Deus castigador, que está apenas se vingando dos homens, acredito no Deus-pai."

    Que lindo, Dri!!

    "Não acho que os fenômenos da natureza possuem o objetivo de castigar o homem, o problema é que o homem sempre se acha o centro de tudo, tudo ocorre por causa dele, e por ele, mas esses fenômenos tem sua razão de ser tem seu papel no contexto.
    Também não acho que estes eventos sejam um aviso do fim do mundo, para mim as coisas ocorrerão de uma forma totalmente diferente, agora aquecimento global, desmatamento... a coisa está mais para este lado."

    Concordo...

    Dri, obrigada por teres partilhado a tua opinião connosco :D!

    Beijos amiga

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

O Etnias aprecia toda a sorte de comentários, já que aqui se defende a liberdade de expressão; contudo, reservamo-nos o direito de apagar Comentos de Trolls; comentários difamatórios e ofensivos (e.g. racistas e anti-Semitas) mais aqueles que contenham asneiras em excesso. Este blog não considera que a vulgaridade esteja protegida pelo direito à liberdade de expressão. Um abraço