Video Musical: Kuduro

E do Semba chegamos ao kuduro...

Este género tem raízes do semba, mas tornou-se numa fusão de Zouk, Soca e Ragga.
Também existe o Kuduro Progressivo (produzido nos arredores de Lisboa: Amadora e Queluz, onde vive a maioria da comunidade Angolana em Portugal) ao qual vos apresentarei mais tarde.

Kuduro significa...isso mesmo "rabo/bunda duro(a)" porque ao dançar-se kuduro o traseiro (e as cadeiras) têm um papel importante na dança. A chave para dançar o Kuduro é a sensualidade (como qualquer dança de origem Africana). 

Para mais informação sobre este género musical, clica aqui.

O video desta semana mostra uma das várias formas de dançar o kuduro, principalmente fora de Angola (à medida que formos avançando, partilharei a sua forma original, aquela que se dança em Angola); e o artista que partilha a sua arte connosco é o Tsunami, um bailarino Angolano que vive em França. Ele e a sua equipa dançam ao som de um mix de kuduros.
Espero que gostem!




Comentários

  1. Oi Max,

    Obrigada pelo apoio e carinho! :-)

    Estou aproveitando estes dias que estou em casa para ser mãe em tempo integral. ;-)

    Beijos mil

    ResponderEliminar
  2. Mas bah, guria.
    Obrigado por nos apresetar o Kuduco.

    ResponderEliminar
  3. Oi Carla, que saudade :D!

    De nada, minha linda! Estava preocupada contigo!

    Ah, fazes bem...os teus filhos devem estar adorar ter a mãezinha por perto :D!

    Obrigada pela visita, amei *abraço*!

    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Oi Diler :D!

    De nada! É uma dança interessante lol...

    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Oi Max
    É bem legal conhecer todas essas danças e ritmos...pena que não deu para ver o vídeos, ele não está aparecendo, depois vou tentar de novo...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Oi Adriana :D!

    Não deu para ver o video? Ó que pena...às vezes isso acontece, nem sei porquê :(!

    Mas já está bom agora :D!

    Beijos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

O Etnias aprecia toda a sorte de comentários, já que aqui se defende a liberdade de expressão; contudo, reservamo-nos o direito de apagar Comentos de Trolls; comentários difamatórios e ofensivos (e.g. racistas e anti-Semitas) mais aqueles que contenham asneiras em excesso. Este blog não considera que a vulgaridade esteja protegida pelo direito à liberdade de expressão. Um abraço