A Vontade


Quais são os perigos da “Vontade Negativa” e quais as vantagens da “Vontade Positiva”? E serão os sonhos os impulsionadores da vontade?
Duas perguntas interessantes e, como sempre, abordarei estas duas questões em duas secções diferentes para que possamos todos seguir a linha do meu pensamento.

Vontade: desejo; intenção; determinação; necessidade fisíca ou moral; forma plenamente consciente de actividade [in Dicionário da Língua Portugesa, da Porto Editora]

Vontade Positiva Vs Vontade Negativa
Imagina o que seria das pessoas se não houvesse vontade…pois é: elas seriam como pedras ou como um vegetal.
A vontade é o impulso da vida: se uma pessoa quer objectos materiais, ela trabalhará para adquiri-los; se quer um (a) amante, fará de tudo para atrair um (a); se quer uma promoção, fará o que fôr necessário para obtê-la; se deseja que um feitiço funcione a sua mente desejá-lo-á para que o “encanto” dê certo...
É claro que estes representam exemplos de “Vontade Positiva” uma vez que um indivíduo pôr-se-á em marcha para ter aquilo que deseja, sem ter de se preocupar com o factor tempo (i.e. é paciente; não se verga à vontade, por si mesma, pois tem consciência do tempo necessário para satisfazer o seu desejo).
Mas depois temos casos em que a “Vontade Negativa” impera. Nestes casos as pessoas encontram-se totalmente submetidas à vontade: querem satisfazer o seu prazer, os seus desejos, a qualquer custo e na hora que lhes apraz. O seu mais conhecido imperativo é “Eu quero-o agora!”. A contra-indicação desta forma negativa da vontade é que não só não vêem os seus desejos satisfeitos como também acabam por querer mais e mais e mais. Esta insatisfação (acompanhada por uma paciência indisciplinada) conduzi-las-á à obsessão por uma jamais-atingida-satisfação, que por sua vez conduzirá à moleza, à inacção (tanto da mente como do corpo).
A vontade é a força motriz da acção se, e quando, acompanhada da reverência ao tempo.

Os sonhos como impulsores da Vontade
Diz-se que os sonhos são, muitas vezes, o reflexo dos receios de cada um; contudo acho que esta visão é um pouco simplista por demais. Os sonhos são muito mais do que indicadores de medo; também são avisos; um instrumento para a clarividência; um escape para as vicissitudes da vida; uma tela para as cores da nossa imaginação e, sem dúvidas, os impulsionadores da vontade.
A muita gente os sonhos mostram-lhes que caminho seguir na vida (ainda que não se lembrem ao acordar) e isto dá um impulso valente à vontade. Ao acordarem saberão o que fazer; o que querem da vida, como satisfazer as suas necessidades…
Ao sonhar, a mente das pessoas constrói um corredor de opções através do qual elas caminham para que possam seleccionar aquilo que desejam. Uma vez feita a selecção do objecto desejado, imediatamente a núvem da vontade forma-se e depois irá descarregar a chuva da acção por cima dos campos da criatividade (quando a “Vontade Positiva” impera).
Quando a “Vontade Negativa” se apodera de um qualquer indivíduo; este sonha, a núvem da vontade é formada, contudo não se produz a chuva da acção mas sim a trovoada da frustração quando ele não consegue o quer quando o quer.

A Vontade é a mãe da construção, do progresso e da modernidade quando (e somente) o tempo é respeitado.

Imagem: "O Sonho do Cavaleiro" de Antonio de Pereda

Comentários

  1. Hey Cara!
    Nel mio blog si parla solo d'amore..
    Hai letto questa?
    La canzone del cavaliere-Pastor Ben
    Spagna, 1937. La guerra civile tra i repubblicani e gli insorti franchisti non conosce un istante di tregua. Convinto volontario del "Tercio" franchista, Martin Bora vive il conflitto spagnolo come un'avventura entusiasmante, dove il rigore delle scelte politiche si sposa all'impeto vitalistico dell'azione pura. I primi dubbi, tuttavia, cominciano ad apparire quando si imbatte nel cadavere di un uomo barbaramente assassinato. Si tratta di Federico Garcia Lorca, brillante poeta, progressista, omosessuale. Chi l'ha fatto fuori? Le versioni ufficiali non convincono affatto il giovane volontario tedesco, che inizia una pericolosissima inchiesta per vederci chiaro, in sincronia con l'indagine condotta da un "nemico", l'americano Philip Walton...
    baci Max

    ResponderEliminar
  2. Caríssima Hanna,

    "Nel mio blog si parla solo d'amore.." - Ah, l'amore l'amore.... :D!

    "Hai letto questa?" - non, non ne ho mai letto...lasciami legerla...

    "La canzone del cavaliere-Pastor Ben" - fantastica!!! Grazie mille di l'aver condiviso con me, bimba :D! Vado a leggerla ancora...

    Baci

    ResponderEliminar
  3. Hanna,

    Un piccolo commento: no sapevo che Lorca era omosessuale; questa non è l'immagine che trasmettono di lui...strano! Beh, non è importante...

    ResponderEliminar
  4. Sei simpatica!
    aprezzo tanto senso del umorismo!!
    e si, Lorca era un gay, non ha nessuna importanza, era un genio!
    sensibilissimo..
    ciao cara!

    ResponderEliminar
  5. Ciao bella,

    "Sei simpatica!" - grazie tante! :D

    "aprezzo tanto senso del umorismo!!" - lol anch'io, caríssima; anch'io! Dicono che soltanto gli ignoranti non avrebbero senso del umorismo...sarebbe vero?

    "e si, Lorca era un gay, non ha nessuna importanza, era un genio, sensibilissimo..!" - questo è verìssimo: un vero genio! Ed è tutto quello che importa :)!

    ciao!

    ResponderEliminar
  6. Oi Max
    A vontade...aquilo que impulsiona o ser humano,o que o motiva e o faz se movimentar em direção a algo, o que seria de nós se não nos motivássemos, e ainda bem que muitos se motivam para o bem comum.
    É justamente a vontade que nos proporciona movimento e daí que as ações acontecem.
    Na minha opinião, vontades positivas e negativas são relativas, tudo na vida depende do ponto de vista, pois até os que se motivam negativamente em sua visão aquilo proporcionará uma ação positiva mesmo que seja para si mesmo.
    Mas tão bom seria se todos nós nos motivássemos para o bem comum...não é mesmo?
    Muito bom o post

    beijos

    ResponderEliminar
  7. Há..já ia me esquecendo,
    em relação ao sonho, acredito que seja uma reconstrução da mente, uma forma de reorganizar todos os fatos ocorridos recentemente, mas acredito também que possa ser uma forma de mensagem de Deus...Já sonhei vários sonhos que aconteceram de verdade...então como explicar?

    ResponderEliminar
  8. Oi Adriana,

    "Mas tão bom seria se todos nós nos motivássemos para o bem comum...não é mesmo?" - é verdade, minha linda. É bem verdade!

    Adriana, amei o teu comentário; muito obrigada por o teres feito! Gostei tanto que nem me atrevo a acrescentar uma palavra mais :D!

    "Muito bom o post" - Obrigada *vénia*!

    Beijos

    ResponderEliminar
  9. Olá de novo :)!

    "em relação ao sonho, acredito que seja uma reconstrução da mente, uma forma de reorganizar todos os fatos ocorridos recentemente, mas acredito também que possa ser uma forma de mensagem de Deus...Já sonhei vários sonhos que aconteceram de verdade...então como explicar?" - pois é...aí é que está! Os sonhos podem ser muita coisa mesmo; incluindo mensagens de Deus...e então quando eles acontecem é porque é mesmo uma mensagem do Divino. Isto faz-me lembrar aquela passagem da Biblia em que Deus afirma que quando as coisas acontecem (depois de um profeta falar) é porque vem Dele; mas quando não acontece é porque pode não ser...
    O mundo dos sonhos é muito complexo e profundo e às vezes acho que não se deu ainda suficiente atenção ao mesmo...

    Minha linda, esta foi uma boa questão, pertinente como sempre :D!

    Beijos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

O Etnias aprecia toda a sorte de comentários, já que aqui se defende a liberdade de expressão; contudo, reservamo-nos o direito de apagar Comentos de Trolls; comentários difamatórios e ofensivos (e.g. racistas e anti-Semitas) mais aqueles que contenham asneiras em excesso. Este blog não considera que a vulgaridade esteja protegida pelo direito à liberdade de expressão. Um abraço