Experiências de fim-de-semana



Antes de dar início ao artigo desta semana, eu gostaria de desejar à comunidade Judaica, de todo o mundo, um Feliz Pesach!

Após duas semanas a discutir temas pesados, acho que todos merecemos um pouco de entretenimento…e qual é o melhor tópico para isso? Pessoas.
O que estou prestes a partilhar com vocês é baseado na minha experiência com duas culturas: a Africana e a Europeia.

Sexta-feira, 18:00. Fim da semana e toda a gente está super hype.
Para a comunidade Africana (tanto negros como brancos) este dia é muito importante pois representa o regresso a Éden. Depois do trabalho, eles vão para casa e deliciam-se com um spa doméstico, afinal têm de estar no seu melhor (dos pés à cabeça) se desejam causar boa impressão às damas. Quando chegam à discoteca cumprimentam toda a gente, sentem o beat e olham em volta para controlar a qualidade do mulherio presente. Quando vêm a sua futura presa, dançam até ela e estendem a mão, enquanto olham no fundo dos olhos dela; a primeira reacção da dama é declinar tal convite «Não sei dançar!» mas estes predadores profissionais têm experiência suficiente para não deixar a presa fugir «Não tem problema, fófa; eu ensino!» a coitada não tem outra saída senão dançar com eles.
Para a comunidade Europeia (tanto negros como brancos) este dia é de festa, pois representa o descanso do guerreiro. Depois do trabalho vão para o Happy Hour, depois disso vão jantar fora com uns amigos; a seguir vão para casa tomar um banho rápido, vestir umas jeans, uma camisa limpa e um blazer (só para o caso de terem sorte). Quando chegam à discoteca, cumprimentam os amigos e conhecidos; vão até ao bar e depois de terem a sua bebida na mão mexem-se lentamente ao som da música, sempre de copo na mão, à espera de fazer contacto visual com um alvo feminino.

Sábado, 7:00. Toda a gente sai da discoteca.
Os Africanos vão directo para o mercado para comprar a sua parte dos ingredientes para o churrasco de Domingo (na casa de alguém).
Os Europeus vão para casa, com uma ressaca, para bater uma soneca antes de irem trabalhar no turno da tarde.

Domingo, almoço marcado para as 13:00
Os Europeus chegam sempre a tempo e respeitam o convite. Às 17:00 quando o almoço acaba eles ainda têm tempo de passar pelo shopping para comprar um livro/CD antes de irem para casa.
Os Africanos nunca chegam a horas (chegamos até a perguntarmo-nos por que é que os anfitriões insistem em marcar tais horas sabendo que nunca irão ser respeitdas); têm o descaramento de trazer 2 ou 3 pessoas com eles e ainda dão uma explicação furada tal como «Mana, trouxe a minha namorada, a prima dela e a sua amiga…já sabes, né...para ajudar a cozinhar, a lavar a loiça e a tomar conta das crianças! E trouxe-te este presente, como forma de agradecimento!» a anfitriã, que está a tentar perder peso, recebe a caixa de chocolates com o sobrolho erguido. Antes que ela possa dizer o quer que seja, a sua palavra é interrompida «Txo, o quê..não me digas que estás a tentar ser magrinha como estas mulheres daqui! Depois se o teu marido quiser ter uma aventura, não comeces a chorar! Come!»…O churrasco dura até à 1:00 da manhã…

Segunda-feira, 8:30. Engarrafamento.
Um Europeu está no seu carro, deprimido e a piorar a sua condição ao ouvir “Tell me why, I don’t like Mondays…tell me why…!” dos Boomtown Rats.
Na fila do lado, está um Africano todo relaxado com as janelas do seu carro para baixo a ouvir Dog Murras aos altos berros…já está a pensar na próxima noite de Sexta-feira...

Imagem: Árvore da vida criada pela Cary

Comentários

  1. Ei, I don't like mondays é a música que canto toda segunda. Gostei da história do europeu deprimido, eu me daria bem vivendo na Europa!!!!;o)

    Max, tem um selo para você no meu blog. Beijos!!!

    ResponderEliminar
  2. Cidão!

    "Ei, I don't like mondays é a música que canto toda segunda. Gostei da história do europeu deprimido, eu me daria bem vivendo na Europa!!!!;o)" - LOL LOL não me digas? LOL. Yah, também acho que te darias bem aqui ;)!

    "Max, tem um selo para você no meu blog. Beijos!!!" - Um selo para mim? Vou lá...obrigadão :D!

    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Max, estou a pensar em qual contexto me enquadro, mas não dá! Nem um, nem outro!
    Essa alegria um pouco inocente do africano é algo que no Brasil tem muito e a falta de educação em não respeitar horários, sair da casa das pessoas fora de hora e ainda levar pessoas além do estipulado, são exemplos de coisas que me irritam.
    Quanto ao europeu, faz um tempo que bani a bebida alcoolica de modo além do moderado. Bebo somente para degustar. Mas adoro reservar os Domingos à tarde para a preguiça, ler e assistir um bom filme.
    Segunda pela manhã posso ouvir Silje Nergaard que iniciarei o dia bem! De preferência a música Every Time You Say Goodbye.
    Bom fim de semana!!
    Qual será a sua opção? (rs*)
    Beijus

    ResponderEliminar
  4. Oi Luma,

    "Max, estou a pensar em qual contexto me enquadro, mas não dá! Nem um, nem outro!" - LOL LOL tudo bem...

    "Essa alegria um pouco inocente do africano é algo que no Brasil tem muito e a falta de educação em não respeitar horários, sair da casa das pessoas fora de hora e ainda levar pessoas além do estipulado, são exemplos de coisas que me irritam." - como te compreendo! Mas como disse no teu blog, não há nada a fazer (jamais mudarão)!

    "Quanto ao europeu, faz um tempo que bani a bebida alcoolica de modo além do moderado. Bebo somente para degustar. Mas adoro reservar os Domingos à tarde para a preguiça, ler e assistir um bom filme." - eu não bebo (nem mesmo para desgustar, mas essa é uma escolha minha...não vejo problema nenhum em beber moderadamente).

    "Segunda pela manhã posso ouvir Silje Nergaard que iniciarei o dia bem! De preferência a música Every Time You Say Goodbye.
    Bom fim de semana!!" - é uma boa escolha!

    "Qual será a sua opção? (rs*)" - como te disse tb, a minha opção é a que a alma ditar no momento :D!

    Desejo-te uma boa semana!

    Beijos

    ResponderEliminar
  5. É ... o brasileiro se identifica muito mais com o africano do que com o europeu! Adorei as comparações!

    ResponderEliminar
  6. Carla,

    LOL O mesmo se passa com o Africano aqui: identifica-se mais com o Brasileiro!

    Obrigada pela visita boa :D!

    Beijos

    ResponderEliminar
  7. kkkkkkkkkkkkk
    E nao é que tem tudoa vwer.....

    bjks e dias felizes

    ResponderEliminar
  8. Oi Grace :D!

    LOL...

    Obrigada pela visita :D!

    Beijossss

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

O Etnias aprecia toda a sorte de comentários, já que aqui se defende a liberdade de expressão; contudo, reservamo-nos o direito de apagar Comentos de Trolls; comentários difamatórios e ofensivos (e.g. racistas e anti-Semitas) mais aqueles que contenham asneiras em excesso. Este blog não considera que a vulgaridade esteja protegida pelo direito à liberdade de expressão. Um abraço