O Alicerce da Lei e Ordem


Família, Famiglia, Famille, Familia, Family, οικογένεια, die Familie, Jamaa, (Mishpachah) משפחה…

Quando nascem crianças, os seus pais (sejam biológicos ou adoptivos) tornam-se responsáveis por eles. É o seu dever ensiná-los a comportarem-se; ensinar-lhes a lutar e defender-se num mundo repleto de perigos; ensinar-lhes como lidar com as frustrações e desapontamentos; transmitir-lhes valores morais; servir-lhes de exemplo...
Também é o seu dever estar extremamente atentos aos comportamentos mini-criminosos dos seus filhos: tortura de animais; sufocamento de irmãos e primos; estraçalhamento de ursos de peluche; espetar objectos afiados em bonecos etc...tudo isto pode ser uma forte indicação de quão violentos se poderão tornar no futuro.

Muitas vezes em conversas com amigos bloggistas já referi a tamanha responsabilidade que é o criar uma família e, que o papel de pai não deve ser desempenhado de forma leviana: uma vez que decidamos ter filhos (ou cuidar de crianças) a nossa vida – tal como nos habituámos a ter – acaba; o nosso ego deve ser armazenado numa caixa; os nosso planos devem ser desenhados a pensar nos miúdos e, os nossos horários devem ser organizados segundo os horários deles...pelo menos até voarem para longe do ninho. Depois que o façam, começa uma nova fase na vida dos pais: preocupações constantes (será que estão bem, será que se estão a comportar, será que necessitam de algo, será que estão a comer como deve de ser, será que são felizes etc)…
Também já partilhei com um amigo meu que se Deus nos disse para honrarmos os nossos pais é porque eles são a extensão do papel que Ele desempenha, como Pai, para com a Humanidade.

As crianças crescem. Tornam-se adultos, e alguns deles criam problemas; desrespeitando, assim, a lei da sociedade, desestabilizando a ordem da mesma e gerando medo no seio da comunidade. Neste caso, os pais não devem ter medo dos filhos; devem, sim, ter a coragem e a sabedoria suficientes para entregá-los às autoridades. Se estas não puderem ajudar, então a família deve reunir-se e resolver o problema dentro da mesma.
O que é que aconteceria se cada família tomasse conta do(s) seu(s) membro(s) desestabilizador (es)?
Possíveis resultados:

1- Os potenciais prevaricadores pensariam duas vezes antes de cometerem um crime, pois saberiam que não teriam onde se esconder.
2- As taxas de crime desceriam consideravelmente, uma vez que cada membro da família actuaria como um soldado da paz.
3- A população das cadeias diminuíriam.
4- Os bairros tornar-se-iam um pouco mais harmoniosos.

Claro que isto implicaria que as famílias se unissem, se organizassem e criassem sub-sociedades dentro da própria sociedade.

Ora, ora Max...será que isto é mesmo factível ou não passará de mais uma utopia?




Imagem: "A Natividade com S. Francisco e S. Lorenço" de Caravaggio

Comentários

  1. Sinceramente? Acredito no exemplo: pais com bons princípios, filhos também terão.
    Os limites devem ser colocados desde a mais tenra idade, isto porque crianças são seres em formação e os galhos não devem crescer tortos. Mas não adianta eu falar "faça isso" e fazer diferente. As ações falam mais que palavras.
    Adorei seu comentário lá no luz!! Sábias palavras que me fez pensar bastante!!
    Beijus

    ResponderEliminar
  2. Oi Luma!

    "Sinceramente? Acredito no exemplo: pais com bons princípios, filhos também terão." - Amén!

    "Os limites devem ser colocados desde a mais tenra idade, isto porque crianças são seres em formação e os galhos não devem crescer tortos. Mas não adianta eu falar "faça isso" e fazer diferente. As ações falam mais que palavras." - não poderia concordar mais contigo! Nem preciso de dizer mais nada....!

    "Adorei seu comentário lá no luz!! Sábias palavras que me fez pensar bastante!!" - obrigada, minha linda :)! Eu adorei o teu blog: muito bom e um verdadeiro desafio para o intelecto :D! Parabéns! Pretendo voltar lá muitas vezes!!!

    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Oi Max
    Isso não é uma utopia, a familia existe desta forma, e como você disse, o resultado de uma familia estruturda é filhos educados bem encaminhados, tendo atititudes de pessoas de bem (pelo menos na maioria dos casos)
    O trecho que escreveu sobre o cuidado dos pais com os filhos, foi lindo! é isso, o amor mais pleno que podemos ter em relação a outro ser humano, uma imensa doação, um querer bem sem limites.
    Costumo dizer que ser mãe (apesar de não ser)e pai também, é ter sido escolhido por Deus para orientar aqui na Terra uma nova alma, um novo ser, é ter essa responsabilidade de encaminhar, de mostrar as coisas da vida,pelo fato de já ter vivido, presenciado, tem gente que abre mão desta tarefa, põe os filhos no mundo e só, e esquece que ser mãe e pai e para vida toda.

    Gostei muito deste assunto

    beijos

    ResponderEliminar
  4. Oi Adriana,

    "O trecho que escreveu sobre o cuidado dos pais com os filhos, foi lindo! é isso, o amor mais pleno que podemos ter em relação a outro ser humano, uma imensa doação, um querer bem sem limites." - obrigada, minha linda! Mas lindo, lindo foi o que tu disseste...não poderia concordar mais!

    "Costumo dizer que ser mãe (apesar de não ser)e pai também, é ter sido escolhido por Deus para orientar aqui na Terra uma nova alma, um novo ser, é ter essa responsabilidade de encaminhar, de mostrar as coisas da vida,pelo fato de já ter vivido, presenciado, tem gente que abre mão desta tarefa, põe os filhos no mundo e só, e esquece que ser mãe e pai e para vida toda." - magnífico!!! Mais uma vez, concordo!

    "Gostei muito deste assunto" - fico feliz por teres gostado :D!

    Obrigada pelo teu comentário maravilhoso; amei!

    Beijos

    ResponderEliminar
  5. A família é o alicerce, é a base, é a referência para a vida. Infelizmente ela está muito desestruturada. Perderam-se os limites e as responsabilidades.Cansei de ouvir os pais dizerem que não conseguem mais educar seus filhos e esperando que a escola e os professores façam o papel na qual eles foram incompetentes.

    Ufa!!! Tem um meme para você no meu blog! You're tagged again!!!!!

    ResponderEliminar
  6. Oi Cidão!

    "A família é o alicerce, é a base, é a referência para a vida." - lindo!

    "Infelizmente ela está muito desestruturada. Perderam-se os limites e as responsabilidades.Cansei de ouvir os pais dizerem que não conseguem mais educar seus filhos e esperando que a escola e os professores façam o papel na qual eles foram incompetentes." - é verdade, está muito desestruturada mesmo! Concordo contigo, os professores e a escola não podem, nem devem, desempenhar o papel que os pais devem desempenhar...essa não é a sua função! Os pais têm de ser mais responsáveis, e pronto!

    "Ufa!!! Tem um meme para você no meu blog! You're tagged again!!!!!" - lol já lá estive, e amei o meme! Obrigadão...sairá amanhã :D!

    Beijos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

O Etnias aprecia toda a sorte de comentários, já que aqui se defende a liberdade de expressão; contudo, reservamo-nos o direito de apagar Comentos de Trolls; comentários difamatórios e ofensivos (e.g. racistas e anti-Semitas) mais aqueles que contenham asneiras em excesso. Este blog não considera que a vulgaridade esteja protegida pelo direito à liberdade de expressão. Um abraço