A génese dos comentários sexistas



Tenho seguido de perto a batalha política entre a Senadora Hillary Clinton e o Senador Barak Obama; e enquanto lia artigos interessantíssimos no site da CNN, reparei num título que chamou a minha atenção “Is sexism less offensive than racism in Politics?”
Esta pergunta (“Em política, o sexismo é menos ofensivo que o racismo?”), apesar de importantíssima, desviou o meu pensamento para uma outra questão: porque é que as pessoas sentem a necessidade de fazer comentários sexistas?

Os seres humanos têm a tendência para aborrecer aqueles que se mostram incomodados perante as suas palavras e acções. É sobejamente sabido que as mulheres são o principal alvo do sexismo (sim, porque os homens também o são, mas como reagem de modo diferente as chances de se tornarem um alvo forte caem em flecha), mas pelo que tenho observador isto acontece porque as mulheres são demasiado sensíveis quanto à questão, sentem-se insultadas por meras palavras (que na opinião dos Depeche Mode “são insignificantes e fáceis de esquecer”), dando poder aos machistas em vez de pararem para pensar por que é que aqueles proferem tal lixo...

De um modo geral, os homens acusam as mulheres de serem complicadas, de criticarem muito, de nunca estarem satisfeitas, de fofocarem...por examplo. Por outro lado as mulheres acusam os homens de não serem sensíveis o suficiente (quanto aos seus sentimentos e humores), de não comunicarem o quanto baste, de não verbalizarem os seus sentimentos e pensamentos, de serem desorganizados etc...
Tenho testemunhado outras “acusações” interessantes que gostaria de comentar aqui:

A maioria dos homens age sempre em contrário daquilo que as suas mulheres lhes dizem; Porquê? Talvez porque foram maltratados, ou pressionados, por mulheres na sua infância. Mas será que isto lhes dá o direito de desequilibrar o relacionamento, como forma de castigo?

A maioria das mulheres agrava-se quando os homens deixam meias, ou outra coisa qualquer, fora do lugar; mas para quê? Elas sabem que os homens são assim, não irão mudar nunca; então para quê gritar que nem umas lunáticas em vez de lhes dizerem para arrumarem as meias (ou o que fôr) no lugar apropriado?

Muitos homens lavam as mãos na cozinha; porquê? Se calhar fazem-no simplesmente para irritar as mulheres; porque, quando chegam, encontram o lava-loiças limpo e seco, mas após lavarem as mãozinhas deixam tudo sujo e molhado...porque insistem em mostrar que também conseguem ser suínos?

A maioria das mulheres não tem o senso de timing quando no meio de uma discussão (isto é, não sabem parar quando estão em vantagem), qual é a possível razão para isto? Possivelmente desejam castigar os seus pais (que gritavam com elas a torto e a direito, e como não tiveram a coragem de desafiar o Patrio-poder, descarregam nos homens).

Recentemente descobri que os homens são dados à fofoca; mas quem é que lhes deu o direito? A fofoca não é um previlégio masculino: os homens não sabem fofocar, pois eles adicionam vulgaridade aos “factos”; eles não entendem que as mulheres fofocam para limpar o fígado e não para obter auto-gratificação.

A maioria das mulheres não tem o senso de género (i.e. a maioria trai facilmente outra mulher); porquê? Talvez porque elas achem que este comportamento prova que conseguem ser tão duras quanto os homens; mas quão enganadas estão...! Quando se trata de camaradagem os homens são mil vezes mais iluminados que as mulheres: eles defendem-se uns aos outros, eles honram os códigos de cavalheiros sem piscar os olhos. Enquanto que as mulheres quebram todos os códigos femininos a cada crise de TPM...[que tristeza].

Muitos homens/mulheres são ridicularizados pelo seu pobre desempenho sexual, mas então porque é que esses activistas da ridicularização não lhes ensinam como satisfazê-los? Eu digo-vos porquê: porque têm tabús com sexo, com o seu próprio corpo e as suas necessidades; com a menstruação, ejaculação precoce, orgasmo (ou inexistência dele)...

E este tabús são a génese dos comentários sexistas…
Imagem: "O beijo" de Gustav Klimt

Comentários

  1. Olá Max
    é fato que mulheres falam mais de seus sentimentos, há uma necessidade interior de "por para fora" tudo que as vezes a incomodam, mas o problema é como isso é feito, se for aos gritos realmente então elas perdem a razão e vão ser alvos de comentários, a grande questão das mulheres acho, é conseguir controlar a impulsividade, ter mais paciência e esperar a hora certa de falar, mas como você mesma disse tem horas que a mulher tem determinada reação devido a uma composição de fatos acontecidos anteriormente, aí mesmo que os homem não entendem e ficam como "tontos"
    Mas também com tantos hormônios em ebulição, quem será capaz de nos criticar? rssss

    ResponderEliminar
  2. Olá Adriana,

    Não há nada de errado em falar dos seus sentimentos; pelo contrário, catárse é muito bom para a saúde mental lol. Mas é como disseste: o modo como se fala é extremamente relevante (e o mesmo se aplica aos homens).

    "Mas também com tantos hormônios em ebulição, quem será capaz de nos criticar? rssss" - lol gostei desta lol. Mas há grupos intelectuais que se demandam se será válido as pessoas esconderem-se atrás da capa hormonal para justificar a sua falta de controlo; se as mulheres (e os homens na tão temida andropausa) não deveriam controlar os impulsos [causados por alterações hormonais] com a mente.

    Mente Vs hormonas...hummm...uma batalha feroz...e só poucos a vencem :)

    Adorei o teu comentário (como sempre); obrigada *vénia*!

    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Oi, Max!

    Muito interessante o texto e os questionamentos. Tais fatos sempre existiram em qualquer sociedade, de forma mais velada, mas parece-me que depois da liberação feminina (ou emancipação, ou qualquer outro termo equivalente que se use) a situação ficou cada vez mais insustentável. Talvez pelo fato de a mulher ganhar espaço onde antes ela nem sonhava ser possível, no sentido de mostrar que podem tanto quanto os homens. Mas veja bem, não estou, com isso, querendo colocar a culpa exclusivamente na mulher, pois o homem é o responsável maior por este estado de coisas atual. Afinal, ele sempre subjugou a mulher pelo fato de ter maior força física. Claro que estou colocando as coisas de forma simplista... Mas, infelizmente, sinto que isso ainda está longe de vir a ter um equilíbrio.

    ---------------------------------------
    Tenha um dia tranqüilo!
    Beijos!
    Juca

    ResponderEliminar
  4. Oi Juca,

    "Muito interessante o texto e os questionamentos." - muito obrigada :D!

    "Tais fatos sempre existiram em qualquer sociedade, de forma mais velada, mas parece-me que depois da liberação feminina (ou emancipação, ou qualquer outro termo equivalente que se use) a situação ficou cada vez mais insustentável." - concordo contigo! Também te digo uma coisa, a emancipação feminina foi óptima mas às vezes penso que o mistério feminino foi-se no dia em que a liberação chegou; pois os homens acharam-se no direito de entrar no mundo delas também...e sinceramente isso não foi bom (como se pode ver hoje).

    "Talvez pelo fato de a mulher ganhar espaço onde antes ela nem sonhava ser possível, no sentido de mostrar que podem tanto quanto os homens. Mas veja bem, não estou, com isso, querendo colocar a culpa exclusivamente na mulher, pois o homem é o responsável maior por este estado de coisas atual." - intelectualmente podemos tanto quanto os homens, é verdade. lol A culpa é de parte a parte, sabes; porque antes os homens subjugaram as mulheres, e agora elas querem subjugar os homens...assim, nunca se atingirá um equilíbrio.

    "Afinal, ele sempre subjugou a mulher pelo fato de ter maior força física. Claro que estou colocando as coisas de forma simplista... Mas, infelizmente, sinto que isso ainda está longe de vir a ter um equilíbrio." - eu compreendo o queres dizer, tudo bem :). Eu também acho que o equilíbrio ainda está longe uma vez que os humanos não querem relaxar...o que interessa é que os dois géneros se respeitem como seres humanos e vivam as suas vidas com base nesse mesmo respeito. O resto é conversa....

    Obrigada, Juca; tem tu também um dia tranquilo :D!

    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Good point(s)!

    Although I don't define myself as a Feminist (I must admit my hubby is pretty fair in sharing the work and well... times have changed, right?), I think men and women are different by nature. I don't think a woman belongs in the kitchen of course. But I just don't see anything worth fighting for... I mean, women do have more responsibilities than men (i.e working AND taking care of kids). That will always be like that... it's not fair, I know but that's the way it is.

    Not sure if I make sense... I'm soo tired tonight!

    ResponderEliminar
  6. Hello Zhu,

    This is a surprise, to see you on the Portuguese section :D!

    "Good point(s)!" - Thank you so much :D!

    "Although I don't define myself as a Feminist (I must admit my hubby is pretty fair in sharing the work and well... times have changed, right?), I think men and women are different by nature." - I don't define myself as a feminist either...I am a pro-femina :)! Ooh, your husband is soooo cute and respectful...absolutely, times have change :)! Yes, we are different by nature and there is no point on denying that!

    "I don't think a woman belongs in the kitchen of course. But I just don't see anything worth fighting for... I mean, women do have more responsibilities than men (i.e working AND taking care of kids). That will always be like that... it's not fair, I know but that's the way it is." - LOL there are many women who don't even know how to cook, so it is a blessing that they stay away of the kitchen LOL. I agree with you on everything else you said...it is not a question of being fair or not, it is a question of us being more organised, that's all!

    "Not sure if I make sense... I'm soo tired tonight!" - girl, you made lots of sense! Thank you for your opinion, it was most appreciated :D!

    Cheers

    ResponderEliminar
  7. Oi, Max!

    Vim deixar um beijo de bom final de semana! Fique sempre bem!

    "(...) um link que parece ser interessantíssimo (Dri), vou lá dar uma olhada :D! Obrigada!"
    Quanto ao link que reportou interessante, refere-se ao Espírita na Net, da Dri? :-)

    Beijão!
    Juca

    ResponderEliminar
  8. Olá para todas e todos,
    que bom que estamos aqui debatendo o assunto, pois em alguns lugares uma simples palavra sobre tal tema poderia nos levar a morte!!!!!!!!!!!!
    Em outros,as consequências poderão vir a ser mais brandas.
    É ainda tem disso por ai...
    Bom,olha eu ainda não consegui controlar a minha mente na TPM e já vi alguns homens que também não conseguiram na Andropausa.Mas já vi muitos homens serem desculpados, pois afinal como dizem por ai, "os homens são violentos mesmo".Enquanto as mulheres se levantarem a voz por qualquer motivo,são logo chamadas de loucas ,desequilibradas,desvairadas e outras coisas mais....Mas um dia chegamos lá, por enquanto se alguém me aborrecer muito nesse período sou capaz de cortar o pescoço,e acabo sendo chamada de doida mesmo...lol,lol,lol.
    Mas se me chamarem de feia também choro!! Ridículo né, pois é,é foda mas acontece!!!Não sei cozinhar, erro até na medida da água da sopa instantânea!!!!!!!!!!
    Sofro muitas pressões sim, por ser mulher, ter uma figura física frágil e estar em um posto de trabalho de comando!!Ninguém gosta de receber ordens de uma mulher essa ainda é a realidade da vida...
    Acho que muita coisa ainda tem que mudar sim por parte dos homens e das mulheres também!Como eu já disse antes(em outros comentários) A programação foi muito "barra pesada!"
    Bom mas enquanto não muda, estou a procura de um homem simpático, pode ser bonitinho(se for gato melhor ainda...)que na cama não fique no feijão com arroz,que lave,passe, arrume a casa e tome conta das crianças.
    Alguém se habilita?
    Je t'aime

    ResponderEliminar
  9. Oi Juca,

    Muito obrigada, espero que o teu tenha sido bom também :)!

    Sim, estava a referir-me ao link da Dri :)!

    Beijos

    ResponderEliminar
  10. Olá Anónima!

    "que bom que estamos aqui debatendo o assunto, pois em alguns lugares uma simples palavra sobre tal tema poderia nos levar a morte!!!!!!!!!!!!" - LOL LOL é verdade; mas aqui ninguém é condenado à morte por se expressar :)

    "Bom,olha eu ainda não consegui controlar a minha mente na TPM e já vi alguns homens que também não conseguiram na Andropausa." - pois é, mas é possível controlar as duas situações...a mente tem poder o suficiente para ultrapassar todas as vicissitudes inerentes à matéria.

    "Mas já vi muitos homens serem desculpados, pois afinal como dizem por ai, "os homens são violentos mesmo".Enquanto as mulheres se levantarem a voz por qualquer motivo,são logo chamadas de loucas ,desequilibradas,desvairadas e outras coisas mais....Mas um dia chegamos lá, por enquanto se alguém me aborrecer muito nesse período sou capaz de cortar o pescoço,e acabo sendo chamada de doida mesmo...lol,lol,lol." - nem todos os homens são violentos...esse é mais um estereótipo absurdo; mas compreendo onde queres chegar. LOL LOL O ideal seria que nem homens nem mulheres se descontrolassem por causa de hormonas...isso dá a sensação de que as pessoas usam as alterações hormonais como desculpa para os seus desvairios....

    "Mas se me chamarem de feia também choro!! Ridículo né, pois é,é foda mas acontece!!!Não sei cozinhar, erro até na medida da água da sopa instantânea!!!!!!!!!!" - acho um absurdo acharem que toda a mulher tem de cozinhar...eu agradeceria que algumas mulheres se afastassem da cozinha, parando assim de assassinar os nossos estômagos LOL LOL. Há homens que cozinham bem, há mulheres que cozinham bem (welcome to the kitchen), há homens e mulheres que não cozinham (stay away from it).

    "Sofro muitas pressões sim, por ser mulher, ter uma figura física frágil e estar em um posto de trabalho de comando!!Ninguém gosta de receber ordens de uma mulher essa ainda é a realidade da vida..." - não te deixes intimidar! Se não gostam de receber ordens de uma mulher: que se lixem!!!

    "Acho que muita coisa ainda tem que mudar sim por parte dos homens e das mulheres também!" - devemos respeitar-nos como seres humanos que somos e pronto...todo o resto é uma perda de tempo.

    "Bom mas enquanto não muda, estou a procura de um homem simpático, pode ser bonitinho (se for gato melhor ainda...)que na cama não fique no feijão com arroz,que lave,passe, arrume a casa e tome conta das crianças." - LOL não vais encontrar, desde já te digo...é uma utopia! Mas se não te importas de ficar solteira...continua a sonhar LOL...

    Je t'aime moi aussi

    ResponderEliminar
  11. Olá para todas e todos again.
    Pois Max como você disse :UTOPIA.
    Você acredita que eu ia escrever isso também?!!!!!!!!!!!
    Mas resolvi não escrever para ver como é que as pessoas se sentem em relação a estes Pré-requisitos tão solicitados à nós mulheres!
    Temos que ser meigas, gostosas, saber cozinhar sermos compreensiva,sermos super mães e nos cuidar porque se não o cara arranja outra lá fora(Não é assim que falam?)
    É, nós assobiamos e chupamos cana há tanto tempo não é?
    Mas quando isso é pedido ao sexo oposto automaticamente se transforma em: UTOPIA?! É isso mesmo? Porque será?
    Já decidi na próxima encarnação, se tiver uma, vou vir como homem é bem mais prático,lol.De certeza serei um homem bem melhor do que muitos que andam por ai...
    Quanto a esta vida, não tenho ilusões sei que isso não rola só escrevi para fazer as pessoas pensarem um pouquinho ...
    Talvez eu não encontre ninguém mesmo, ou tenha uma produção independente ou não...
    Minha mãe até já falou em adoptar uns netos por ai...
    Talvez seja até uma solução mais sensata, afinal tem tanta criança abandonada por ai.
    Quanto ao amor, existem várias formas de amor, e sexo é pau que mais tem por ai. E sempre deve ser mais interessante com um parceiro que não fique perguntando o que vai ser o jantar ou se a roupa dele que está na lavanderia já ficou pronta.
    Je t'aime

    ResponderEliminar
  12. Olá de novo, Anónima :D!

    É sempre um prazer ver-te aqui, entre nós.

    "Mas resolvi não escrever para ver como é que as pessoas se sentem em relação a estes Pré-requisitos tão solicitados à nós mulheres!" - LOL LOL LOL ah, compreendi-te...

    "Temos que ser meigas, gostosas, saber cozinhar sermos compreensiva,sermos super mães e nos cuidar porque se não o cara arranja outra lá fora(Não é assim que falam?)" - LOL LOL LOL tudo estereótipos! Nem todas as mulheres são gostosas, nem todas são meigas, e Deus sabe que nem todas detêm a arte da cozinha, nem todas são compreensivas, algumas nem deveriam ser mães.

    "Mas quando isso é pedido ao sexo oposto automaticamente se transforma em: UTOPIA?! É isso mesmo? Porque será?" - eu disse que é uma utopia quereres encontrar um homem que preencha todos os teus requisitos (ao mesmo tempo); da mesma maneira que um homem que queira uma mulher que seja tudo o que tu acima descreveste está a sofrer um severo ataque de utopia. A luta por parte das mulheres não deve de ser fazer aos homens o que eles lhes fizeram a elas, porque essa é uma batalha perdida, é uma perda de tempo. A luta das mulheres é a obtenção de respeito, coisa que ainda não conseguiram obter (por culpa delas mesmas, porque não estão a usar a melhor estratégia). Os homens não são como as mulheres, tais como estas não são como os homens e jamais serão. As mulheres estão mais predispostas a terem qualidades maternais porque o corpo delas assim foi feito (as hormonas contribuem muito para isso), mas isso não quer dizer que tenham de ser mães de crianças, elas podem cuidar de animais, de plantas de minerais o que for...mas o seu papel principal é esse mesmo: ser mãe (seja de que forma fôr). Os homens foram feitos para agir, para trabalhar, para fazer uso do físico, para guerrear...isto também não se pode negar (o corpo deles foi desenhado para isso, e por não produzirem as mesmas quantidades de hormonas que nós o seu comportamente difere igualmente do nosso). Todo o resto: quem cozinha, quem dá água às plantas, quem arruma quem faz isto ou aquilo deve ficar ao critério de cada casal, e pronto...mas o respeito deve ser a imposição número um de qualquer relação!

    "Quanto ao amor, existem várias formas de amor, e sexo é pau que mais tem por ai. E sempre deve ser mais interessante com um parceiro que não fique perguntando o que vai ser o jantar ou se a roupa dele que está na lavanderia já ficou pronta." - isto só acontece se a mulher permitir que isso aconteça.

    Je t'aime moi aussi

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

O Etnias aprecia toda a sorte de comentários, já que aqui se defende a liberdade de expressão; contudo, reservamo-nos o direito de apagar Comentos de Trolls; comentários difamatórios e ofensivos (e.g. racistas e anti-Semitas) mais aqueles que contenham asneiras em excesso. Este blog não considera que a vulgaridade esteja protegida pelo direito à liberdade de expressão. Um abraço